Com reformas, rota de crescimento será "robusta", diz Meirelles

Com a aprovação das reformas econômicas e a estabilização da economia brasileira, o Produto Interno Bruto (PIB) entrará em uma rota “robusta” de crescimento a partir de 2018. A avaliação foi feita nesta sexta-feira (26) pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, após evento da Câmara Brasileira da Indústria de Construção (CBIC), em Brasília.

FecomercioSP projeta retomada do crescimento do País em 2017

O Brasil atravessa uma crise econômica sem precedentes. O ano de 2016 deve se encerrar com queda de 3,2% no Produto Interno Bruto (PIB), inflação de 6,8%, retração de 6,0% nas vendas do varejo, perda de 3% do PIB Industrial, além de mais de 12 milhões de desempregados. Segundo análise da Federação de Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), esse cenário econômico negativo ficará para trás e as projeções para o próximo ano são positivas e inspiram confiança.

Temer prevê crescimento no final de 2017 após desmontar "ciclo perverso"

Ao destacar que seu governo está desmontando um “ciclo perverso”, pelo qual passava o país, o presidente Michel Temer apresentou hoje (8), algumas projeções otimistas que, segundo ele, serão decorrentes das medidas de austeridade que vêm sendo adotadas. Entre as medidas, destacou a possibilidade de, a partir do segundo semestre de 2017, o país retomar a geração de emprego e de registrar um Produto Interno Bruto “não negativo”. Ele também disse que, mantidas tendências já verificadas, espera que o país retome o grau de investimento, pelas agências de avaliação.

Federasul espera volta do crescimento pós-impeachment

Preocupada com os destinos da política e da economia nacionais, a presidente da Federasul, Simone Leite saudou a decisão dos Senadores que confirmaram suas posições com relação ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. “Agora o Brasil volta a crescer, gerar impostos, renda e movimentar a economia, num clima de tranquilidade e confiança”.

Fundos Regionais vão ajudar na retomada do crescimento já em 2017

O governo está se preparando para a volta do crescimento econômico já em 2017. A previsão oficial para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do próximo ano já estaria sendo reestimada dos atuais 1,2% para 1,6% na Lei de Diretrizes Orçamentárias. O mercado, mais conservador, ainda projeta 1,1% de expansão da economia, como mostra o Boletim Focus, divulgado semanalmente pelo Banco Central.

Para Meirelles, ajuste fiscal ajudará na retomada do crescimento econômico

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, reafirmou nessa última sexta-feira (12) que tanto o projeto de renegociação das dívidas dos estados quanto a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que limita o crescimento dos gastos do governo federal tem como foco o ajuste fiscal. O pronunciamento foi feito ao final do 11º Seminário Anual sobre Riscos, Estabilidade Financeira e Economia Bancária na capital paulista.

Assinar este feed RSS