Ata do Copom mostra que processo de flexibilização continuará

A Ata do Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom), divulgada nesta terça-feira, 12, mostra que os membros do Comitê concordaram que a convergência da inflação para a meta de 4,5% no horizonte relevante para a condução da política monetária, que inclui o ano-calendário de 2018, é compatível com o processo de flexibilização monetária.

Copom se aproxima do fim dos cortes de juros, afirma SPC Brasil

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central diminuiu, nesta quarta-feira (06/09), a Selic de 9,25% para 8,25% ao ano, o menor patamar desde 2013. O Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) considera a decisão positiva para potencializar a retomada da economia brasileira.

 

Decisão do Copom é “plenamente justificável”, diz ACSP

O presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Alencar Burti, concorda com a decisão do Banco Central de cortar a Selic em um ponto percentual, esperando ainda que novos cortes ocorram nos próximos meses.

 

BC reduz Selic para 9,25% % ao ano, sem viés

O Copom decidiu, por unanimidade, reduzir a taxa Selic em um ponto percentual, para 9,25% a.a., sem viés.

A atualização do cenário básico do Copom pode ser descrita com as seguintes observações:

O conjunto dos indicadores de atividade econômica divulgados desde a última reunião do Copom permanece compatível com estabilização da economia brasileira no curto prazo e recuperação gradual. O recente aumento de incerteza quanto ao ritmo de implementação de reformas e ajustes na economia impactou negativamente índices de confiança dos agentes econômicos. No entanto, a informação disponível sugere que o impacto dessa queda de confiança na atividade tem sido, até o momento, limitado;

 

Copom inicia reunião para definir taxa de juros

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) inicia hoje (30), em Brasília, a quarta reunião do ano para definir a taxa básica de juros, a Selic. Instituições financeiras, consultadas pelo BC, esperam que a Selic seja reduzida em 1 ponto percentual caindo para 11,25% ao ano.

Ata do Copom mostra que as perspectivas para a inflação evoluíram

A Ata do Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom), divulgada nesta terça-feira, 18, mostra que os membros do Comitê concordaram que a extensão do ciclo de flexibilização monetária dependerá das estimativas da taxa de juros estrutural da economia brasileira, que continuarão a ser reavaliadas ao longo do tempo, mas também da evolução da atividade econômica, dos demais fatores de risco mencionados acima e das projeções e expectativas de inflação.

Assinar este feed RSS