Empresas levam até um ano para contratar profissionais altamente qualificados

Mesmo com pouco mais de 12 milhões de desempregados no país, algumas empresas levam até um ano tentando contratar um bom profissional para áreas específicas. Esse é um cenário bastante comum para cargos técnicos e estratégicos como alta gerência e direção, afirma Renata Motone, coordenadora de RH da Luandre, consultoria de RH que oferece seus serviços a 200 das 500 maiores empresas do Brasil.

 

Comércio paulista aumenta expectativa para contratação de funcionários

Pelo quinto mês consecutivo, aumentou o interesse dos empresários do comércio da Região Metropolitana de São Paulo em expandir os seus negócios, sentimento captado pelo Índice de Expansão do Comércio (IEC) - pesquisa realizada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). Em setembro, o indicador atingiu 78,7 pontos, alta de 1,1% em relação a agosto e de 17,8% na comparação com o mesmo mês do ano passado. Apesar de ainda permanecer abaixo dos 100 pontos, o que sinaliza pouca disposição para investir, os sucessivos aumentos do índice demonstram que a sensação de melhora na economia nacional é algo concreto.

85% dos empresários não vão contratar neste fim de ano, aponta SPC Brasil

O último trimestre do ano traz sempre grandes expectativas para o comércio e o setor de serviços, que costumam ampliar estoques e fazer investimentos para atender a demanda aquecida do Natal. Neste ano, porém, a crise econômica deverá novamente inibir o volume das tradicionais contratações de mão de obra temporária e também de trabalhadores efetivos. De acordo com um levantamento feito nas 27 capitais e no interior do país pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), oito em cada dez (84,6%) empresários não contrataram e nem pretendem contratar trabalhadores para este fim de ano, incluindo os temporários. Apenas 15,4% dos empresários consultados manifestaram a intenção de reforçar o quadro de funcionários. Levando em consideração o setor do varejo e serviços, somente 27,2 mil vagas extras deverão ser criadas, o que demonstra um cenário de estabilidade frente às 24,4 mil observadas no ano passado, período em que o país já atravessa as dificuldades da crise.

Cresce contratação de freelancers por pequenos negócios

Cerca de 38% das pequenas empresas no Brasil possuem mais da metade de suas equipes formada por profissionais freelancers. É o que aponta a pesquisa realizada pela Workana (www.workana.com.br), plataforma de trabalho freelance que possui atuação em toda a América Latina. O estudo elenca informações importantes sobre o cenário de contratação de freelancers no país. Além da quantidade de profissionais contratados, ainda aborda o porte das empresas contratantes, principais motivos e intenções de investimentos na modalidade.

Apenas 25% dos MPEs pretendem contratar até o fim do ano, mostra SPC Brasil

Uma sondagem realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) revela que somente um em cada quatro (25,0%) micro e pequenos empresários que atuam no comércio e no segmento de serviços pretende fazer alguma contratação até o fim deste ano. Com o mercado de trabalho enfraquecido, mais da metade (59,3%) desses empresários não têm a intenção de contratar novos funcionários, seja porque não se veem atualmente em condições financeiras para aumentar a folha de pagamento da empresa (35,8%) ou por estarem com mão de obra ociosa (12,1%), uma vez que a atividade da empresa diminui nos últimos meses.    

Aerohive nomeia Gerente Regional de Vendas para o Brasil

leandrorooseveltA Aerohive Networks, líder em soluções de rede Wi-Fi móvel sem controladora e com gerenciamento na nuvem para o mercado corporativo, anuncia a contratação de Leandro Roosevelt para ocupar a recém criada posição de Gerente Regional de Vendas para o Brasil. A iniciativa é um investimento inédito, uma vez que Roosevelt será o primeiro executivo da companhia com atuação exclusiva para o mercado brasileiro. Com quase duas décadas de experiência no mercado de TI, Roosevelt já trabalhou em grandes empresas como Intel Security (antiga McAfee) e WatchGuard Inc.

Assinar este feed RSS