Receita líquida da Portobello cresce 12% no 2º trimestre

A Portobello divulgou seus resultados referentes ao segundo trimestre de 2014. Enquanto a Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (ABRAMAT) e pelo IBGE apresentaram taxas positivas, porém declinantes, que mostram desaceleração da economia, nos últimos três meses do semestre, a Portobello seguiu em ascensão, chegando ao aumento de sua receita líquida de 12% se comparada ao mesmo período do último ano e seu desempenho significativamente superior – 15% de crescimento no ano.

Even registra recorde de entregas no 2T14

A Even Construtora e Incorporadora encerrou o segundo trimestre de 2014 com recorde de entregas: foram 16 projetos, o que equivale a 3.491 unidades, somando R$913 milhões em VGV de lançamento (parte Even). Já no acumulado de 2014 foram entregues 22 projetos, totalizando R$1,3 bilhão (VGV de lançamento, parte Even) e 4.418 unidades. A alta qualidade da carteira da Even pode ser comprovada pelo volume recorde de recebimentos de clientes no trimestre, totalizando R$ 718 milhões.

Concessionária que assume Galeão amanhã anuncia que dobrará pontes de embarque

A concessionária que assumirá amanhã (12) o controle do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão-Antonio Carlos Jobim anunciou hoje (11) que pretende dobrar o número de pontes de embarque do local até 2016, acrescentando ao Terminal 2 uma área chamada Píer Sul, com 26 pontes de embarque. No futuro, outra área que receberá um pátio de aeronaves até 2016 também deve ganhar pontes de embarque, ganhando o nome de Píer Norte.

Índice Nacional da Construção Civil varia 0,58% em julho

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em parceria com a Caixa, apresentou variação de 0,58% em julho, ficando muito próximo da taxa de junho (0,59%). Considerando o período de janeiro a julho, o resultado foi de 4,28%, enquanto o acumulado dos últimos 12 meses situou-se em 7,29%.

Custo da construção paulista aumenta 0,59% em julho

O CUB (Custo Unitário Básico) da construção civil do Estado de São Paulo, calculado sobre as obras não incluídas na desoneração da folha de pagamentos, registrou alta de 0,59% em julho, sobre junho. Calculado pelo SindusCon-SP e pela FGV (Fundação Getulio Vargas), o CUB é o índice oficial que reflete a variação dos custos das construtoras para a utilização nos reajustes dos contratos de obras.

INCC-M recua em julho

O Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M) registrou, em julho, taxa de variação de 0,80%, abaixo do resultado do mês anterior, de 1,25%. No ano, o índice acumula variação de 5,56% e, nos últimos 12 meses, a taxa registrada é de 7,22%. 

Em junho, o crédito imobiliário atingiu R$ 9 bilhões, segundo Abecip

A diminuição do número de dias de trabalho influenciou os resultados do crédito imobiliário no mês passado. Em junho de 2014, o volume de empréstimos para aquisição e construção de imóveis somou R$ 9 bilhões, recuo de 7% em relação a maio. Na comparação com junho de 2013 - quando se registrou o maior volume mensal dos últimos 20 anos, de R$ 11,2 bilhões - houve redução de 19%. Apesar do menor número de dias úteis, em decorrência da Copa do Mundo, junho mostrou o segundo melhor resultado para o mês na história recente do Sistema Financeiro da Habitação (SFH), informou nesta quinta-feira a entidade que representa as financiadoras do setor, Abecip.

Emprego na construção brasileira cresce 0,94% no 1º semestre

O nível de emprego na construção cresceu 0,94% no primeiro semestre do ano, com o saldo entre demissões e contratações ficando positivo em 32,7 mil, segundo pesquisa elaborada pelo SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo) em parceria com a FGV (Fundação Getulio Vargas). Com o resultado, ao final do junho o número de trabalhadores do setor somava 3,512 milhões.

Assinar este feed RSS