INCC-M apresenta variação de 0,14% em dezembro

O Índice Nacional de Custo da Construção -M (INCC-M) variou 0,14% em dezembro, percentual inferior ao apurado no mês anterior, quando a taxa foi de 0,15%, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV). A taxa do índice relativo a Materiais, Equipamentos e Serviços variou -0,01% em dezembro, ante 0,32% em novembro. O índice referente à Mão de Obra subiu 0,26% em dezembro, após não registrar variação no mês anterior.

  • Publicado em Economia

Índice Nacional da Construção Civil recua em novembro

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) variou 0,11% em novembro, uma queda de 0,08 ponto percentual (p.p.) em relação ao mês anterior (0,19%) e de 0,13 p.p em relação a novembro de 2018 (0,24%), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Essa taxa, registrada também no mês de maio, foi a menor observada em 2019. O acumulado no ano ficou em 3,80%. Nos últimos doze meses, o Sinapi apresentou resultado de 4,03%, abaixo dos 4,17% registrados nos doze meses imediatamente anteriores.

  • Publicado em Economia

Índice Nacional da Construção Civil recua em setembro de 2019

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), calculado pelo IBGE, variou 0,37% em setembro, caindo 0,07 ponto percentual em relação ao mês anterior (0,44%). Os últimos 12 meses foram para 4,42%, mantendo o patamar registrado nos 12 meses imediatamente anteriores (4,50%). No ano, o acumulado ficou em 3,49%. Em setembro de 2018 o índice foi 0,45%.

Índice Nacional da Construção Civil cresce 0,44% em agosto

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) cresceu 0,44% em agosto, ficando 0,24 ponto percentual (p.p.) abaixo do registrado em julho (0,68%). Em agosto de 2018, o índice foi de 0,36%, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O Sinapi acumula altas de 3,11% no ano e de 4,50% em 12 meses, mantendo o patamar dos 12 meses imediatamente anteriores (4,42%).

  • Publicado em Economia

Vendas do varejo de material de construção registram queda de 8% em agosto

O comércio de material de construção vendeu 8% menos em agosto comparado ao mês de julho. Quando comparado ao mesmo período no ano passado, as vendas representam uma queda de 6%. No entanto, o desempenho abaixo do esperado não abalou a confiança dos lojistas e, com isso, 71% estão otimistas com as vendas no mês de setembro, segundo dados da pesquisa mensal do Instituto Anamaco.

  • Publicado em Economia

Custo da construção paulista sobe 0,87% em julho

O Custo Unitário Básico (CUB) da indústria da construção do Estado de São Paulo registrou alta de 0,87% em julho, na comparação com o mês anterior, e de 4,01% no acumulado dos sete primeiros meses de 2019. O dado é do SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo) e da FGV (Fundação Getulio Vargas). O CUB é o índice oficial que reflete a variação dos custos das construtoras, utilizado na atualização financeira dos contratos de obras.

Assinar este feed RSS