Petrobras reduz em 2% preço da gasolina nas refinarias

A Petrobras reduziu o preço da gasolina vendida nas suas refinarias às distribuidoras em 2% e do diesel, em 1,7%. O reajuste entra em vigor amanhã (11). O anúncio foi feito no site da companhia. Esse é o quinto reajuste, neste mês, para os dois produtos. Houve reduções em quatro deles, sendo as maiores no dia 1º, quando os preços para a gasolina tiveram redução de 5,9% e os de diesel, de 4,8%. A única alta no período foi no dia 4 de julho, de 1,8% para a gasolina e 2,7% para o diesel.

Petrobras anuncia revisão nos preços dos combustíveis

De acordo com a política de preços anunciada pela Petrobras em outubro de 2016, o Grupo Executivo de Mercado e Preços (GEMP) decidiu elevar o preço do diesel nas refinarias em 6,1%, em média. Os novos valores começam a ser aplicados a partir de 06/01/2017. O preço da gasolina nas refinarias ficou inalterado.

Petrobras eleva preço do diesel e da gasolina

De acordo com a política de preços da Petrobras, anunciada em outubro, o Grupo Executivo de Mercado e Preços (Gemp) se reuniu na tarde desta segunda-feira, 5, e decidiu elevar o preço do diesel nas refinarias em 9,5%, em média, e da gasolina em 8,1%, em média, com vigência a partir de amanhã.

Gasolina segue financeiramente vantajosa no Brasil, aponta IPTL

A gasolina manteve sua vantagem em agosto para proprietários de veículos flex por todo o Brasil. Com pouca variação em relação ao mês anterior, o derivado do petróleo fechou o período em R$ 3,83/l. Segundo balanço do IPTL (Índice de Preços Ticket Log), a maior variação de preço por litro do combustível foi registrada na Bahia (-2,13%), atingindo o preço de R$3,75/l.

EBITDA da Raízen atinge R$ 1,3 bilhões no 1T16/17

A Raízen encerrou o primeiro trimestre da safra 16/17 com um aumento de R$ 471 milhões no EBITDA ajustado quando comparado ao mesmo período do ano anterior – crescimento de 55%. O bom resultado se deve, principalmente, à estratégia da empresa de maximizar a utilização dos ativos, garantindo melhor retorno e excelência operacional. Embora em meio a um cenário desafiador, a Raízen reportou lucro líquido de R$ 543 milhões no trimestre - um avanço de 209% na comparação trimestral.

Assinar este feed RSS