AGRONEGÓCIO: 40% das exportações de carne bovina foram para Hong Kong e China

Hong Kong e China foram os responsáveis pelo excelente desempenho das exportações brasileiras de carne bovina in natura em 2018 – que, vale lembrar, atingiram recorde em volume. Os dois destinos, juntos, receberam 43,7% de toda a carne embarcada pelo Brasil no ano passado, correspondendo a 44,4% da receita obtida, de acordo com dados da Secex. 

Vendas de carne bovina crescem 11% e somam US$ 3,5 bilhões

Com certificado de sanidade e produzida com sustentabilidade, a carne bovina brasileira entrou em mais de 135 países, em 2017, totalizando 1,5 milhão de toneladas e divisas de US$ 6,1 bilhões. Já no acumulado de janeiro a julho deste ano, o Brasil vendeu 844 mil toneladas, acréscimo de 8,3% em comparação ao igual período do ano passado, representando US$ 3,5 bilhões (+11,1%).

Preço da arroba da carne supera a de boi há mais de um ano

Desde dezembro de 2016 que os preços da arroba da carne bovina (carcaça casada negociada no atacado da Grande São Paulo) vêm superando os valores da arroba do boi gordo (mercado paulista), segundo dados do Cepea. Considerando-se toda a série histórica do Cepea, iniciada em 2001 para a carne, ainda que esporadicamente os preços da carcaça casada ficassem acima dos da arroba do boi, esta é a primeira vez que esse contexto perdura por mais de um ano – antes de 2017, o período máximo desse deslocamento foi de apenas dois meses.

Exportações de carne bovina brasileira têm alta de 17%

Em setembro, as exportações brasileiras de carne bovina tiveram um volume 17% maior do que o exportado no mesmo período do ano passado, segundo dados da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (ABIEC). No mês, foram embarcadas 135.562 toneladas do produto, o que gerou um faturamento de US$ 556 milhões, alta de 17,46% sobre o que foi faturado em setembro de 2016.

Vendas de carne bovina estão fracas no atacado

O ritmo de negócios envolvendo carne bovina está menor que o esperado. Segundo colaboradores do Cepea, nem mesmo o Dia das Mães, quando tradicionalmente o consumo aumenta, foi capaz de aquecer a demanda na primeira quinzena de maio. Assim, os preços da carne permanecem estáveis no atacado da Grande São Paulo. Nessa quarta-feira, 17, a carcaça casada de boi fechou a R$ 9,92/kg, ligeira queda de 1,3% no acumulado parcial deste mês.

Preços médios da carne bovina têm alta de 1,38% em abril, mostra ABIEC

As exportações de carne bovina tiveram recuo de 25,63% em abril, quando foram embarcadas 93 mil toneladas, segundo dados da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (ABIEC). As negociações geraram um faturamento de US$ 378 milhões, o que representa uma queda de 24,60% se comparado ao obtido em março. Os preços médios, no entanto, tiveram um incremento de 1,38% na mesma comparação.

Volume de carne bovina exportada é a menor desde 2012

O volume de carne bovina in natura exportada no mês passado foi o mais baixo desde abril de 2012. Segundo pesquisadores do Cepea, esse cenário pode estar atrelado às especulações sobre a operação Carne Fraca e ao maior preço da carne por tonelada, em dólar, o que torna o produto brasileiro menos competitivo no mercado internacional. Segundo dados da Secex, os embarques de carne bovina totalizaram 70,2 mil toneladas em abril, recuo de 28,5% na comparação com março e de 18,2% frente a abril de 2016.

Assinar este feed RSS