PIB deverá subir em 2017, mostra FOCUS

Divulgado nesta segunda-feira, 23, pelo Banco Central (BC), o boletim Focus, apontou divergências na projeção dos analistas do mercado financeiro para o desempenho da economia brasileira em 2017 e 2018.

IC-Br avança 1,11% em setembro

O Índice de Commodities Brasil (IC-Br), que acompanha os preços das commodities (produtos primários com cotação internacional), registrou, em setembro, alta de 1,11%, na comparação com agosto. Em 12 meses encerrados em setembro, o índice apresentou alta de 0,09%.

Dívida externa totalizou US$315,3 bilhões em agosto

O estoque de dívida externa bruta estimado para agosto de 2017 totalizou US$315,3 bilhões, aumento de US$409 milhões em relação à posição de junho de 2017, segundo dados do Banco Central (BC). A dívida externa estimada de longo prazo atingiu US$259,1 bilhões em agosto, aumento de US$222 milhões relativamente à junho, enquanto o endividamento de curto prazo somou US$56,1 bilhões, aumento de US$188 milhões, no mesmo período.

Transações correntes apresentaram déficits de US$ 302 mi em agosto

As transações correntes apresentaram déficits de US$ 302 milhões em agosto, e de US$ 13,5 bilhões nos últimos doze meses, equivalentes a 0,68% do PIB. Na conta financeira, o ingresso líquido de investimentos diretos no País somou US$ 5,1 bilhões em agosto, e US$ 82,5 bilhões no acumulado de doze meses, ou 4,18% do PIB.

BC reduz projeção de inflação este ano para 3,2%

O Banco Central (BC) espera uma inflação menor este ano. A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foi revisada de 3,8%, divulgada em junho, para 3,2%, no Relatório de Inflação divulgado hoje (21) pelo BC.

BC eleva projeção de crescimento da economia para 0,7% este ano

O Banco Central (BC) aumentou a projeção para o crescimento da economia este ano. A estimativa para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, foi ajustada de 0,5%, estimativa de junho, para 0,7%, de acordo com o Relatório de Inflação divulgado hoje (21), no site do BC.

Decisão do Copom é “plenamente justificável”, diz ACSP

O presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Alencar Burti, concorda com a decisão do Banco Central de cortar a Selic em um ponto percentual, esperando ainda que novos cortes ocorram nos próximos meses.

 

Assinar este feed RSS