Aegea conclui aquisição da Companhia de Saneamento do Norte

A Aegea Saneamento anunciou na última sexta-feira (15), a conclusão da aquisição da Companhia de Saneamento do Norte e, com isso, assumirá a gestão das subsidiárias Manaus Ambiental S.A. e Rio Negro Ambiental, Captação, Tratamento e Distribuição de Águas SPE S.A, responsáveis pela prestação dos serviços de água e esgoto em Manaus (AM). Dessa forma, passará a atuar em 49 cidades brasileiras, em 11 estados, atendendo 7,6 milhões de habitantes.

Grupo Bitcoin Banco anuncia compra da Zater

O Grupo Bitcoin Banco anunciou a compra de 40% da exchange Zater Capital, que tem sedes em São Paulo e no Rio de Janeiro. O novo sócio investidor vai aportar R$20 milhões na corretora para a movimentação do livro de ofertas, ampliação tecnológica, sustentação do OTC e expansão de suas ações.

Marfrig finaliza aquisição da National Beef

A Marfrig Global Foods recebeu na terça-feira, 05, as autorizações necessárias para a compra de 51% da National Beef Packing Company, LCC, reconhecida como uma das líderes globais no setor em que atua.

Eternit anuncia aquisição total da CSC

O Grupo Eternit realizou a aquisição dos 40% da CSC – Companhia Sulamericana de Cerâmica que pertenciam a empresa colombiana Corona. Com isso, a CSC passa a ser 100% da Eternit. O grupo já era sócio da empresa com 60% desde sua criação em 2014.

Raízen compra ativos da Shell na Argentina

A Raízen anuncia a aquisição de ativos da Shell na Argentina. A companhia integrará ao seu portfólio um volume de vendas de aproximadamente 6 bilhões de litros por ano, incluindo uma rede com 645 postos, uma refinaria, uma planta de lubrificantes, três terminais terrestres, duas bases de abastecimento em aeroportos e ativos de GLP (Gás Liquefeito de Petróleo). 

Cade rejeita aquisição da Liquigás pela Ultragaz

Na sessão de julgamento de quarta-feira (28/02), o Tribunal do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) vetou a aquisição de 100% do capital social da Liquigás pela Ultragaz. A maioria do Conselho acompanhou o voto da relatora Cristiane Alkmin Junqueira Schmidt, que identificou, na operação, riscos de impactos negativos para os consumidores.

Cade aprova aquisição da TGM pela WEG com restrições

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, nesta quarta-feira (28/02), a aquisição da TGM pela WEG. Os produtos afetados pela operação são equipamentos utilizados para a cogeração de energia, que envolve processos de produção e utilização combinada de diferentes formas de energia. O aval à operação pelo órgão antitruste, no entanto, foi condicionado à celebração de Acordo em Controle de Concentrações (ACC).

Assinar este feed RSS