Impostômetro da ACSP registra R$ 300 bi dia 7 de fevereiro

O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) registrará dia 7/2 (quinta-feira), às 8 horas, a marca de R$ 300 bilhões arrecadados na forma de impostos, taxas, multas e contribuições, pagos pelos brasileiros desde o primeiro dia do ano. O valor chegará três dias antes do que em 2018, quando foi registrado em 10/02, 'o que é sinal de que a economia brasileira começou um pouco mais aquecida em 2019', afirma Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

  • Publicado em Economia

Vendas do varejo sobem 2,6% em janeiro, informa ACSP

O movimento de vendas do comércio paulistano cresceu em média 2,6% em janeiro na comparação com o mesmo mês do ano passado. Houve alta tanto nas comercializações a prazo (0,4%) quanto à vista (4,8%). Os dados são do Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

Confiança do consumidor cresce 10 pontos em janeiro, diz ACSP

O Índice Nacional de Confiança da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) registrou 104 pontos em janeiro, um aumento de dez pontos em relação a dezembro (94) e de 27 frente a janeiro do ano passado, quando havia anotado 77 pontos. Além disso, é a primeira vez que chega ao campo otimista (acima dos 100 pontos) desde maio de 2015. 'É um crescimento que surpreende bastante e reflete o otimismo do consumidor com o novo governo. Contudo, como é natural que a população dê um voto de confiança grande no início dos mandatos, é preciso que o governo corresponda às expectativas, por meio de ações práticas, concretizando as promessas feitas em campanha', analisa Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

Tributos atingem a marca de R$ 200 bilhões nesta sexta-feira, segundo ACSP

A arrecadação de tributos ― que compreendem impostos, taxas, contribuições e multas ― atingirá a marca de R$ 200 bilhões nesta sexta-feira (25/1), à 0h15. A cifra será mostrada pelo Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e corresponde ao total pago pelos brasileiros desde o primeiro dia do ano. Em 2018, o número foi alcançado um dia depois (em 26/1), sinalizando elevação tímida da arrecadação, segundo Alencar Burti, presidente da ACSP.

  • Publicado em Economia

Varejo começa o ano com alta de 3,6% nas vendas, aponta ACSP

O movimento de vendas do varejo da capital paulista cresceu em média 3,6% na primeira quinzena de janeiro sobre o mesmo período de 2018, segundo o Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). As comercializações à vista (4,6%) aumentaram mais do que as transações a prazo (2,6%). 

 

Impostômetro atinge R$ 100 bilhões neste domingo, 13

A primeira marca significativa do Impostômetro no ano de 2019, de R$ 100 bilhões, será registrada à 0h10 deste domingo (13/1). O painel da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) informa o valor pago pela população brasileira desde o primeiro dia de cada ano e engloba impostos, taxas, multas e contribuições. Em 2018, o valor de R$ 100 bilhões também foi atingido dia 13/1.

 

  • Publicado em Economia

Tributação do material escolar vai de 15% a 50% do preço, revela ACSP

Janeiro é um mês fraco para o varejo, mas a volta às aulas movimenta algumas lojas e ajuda o comércio a não fechar no vermelho. Para a economia o impacto das vendas de material escolar é pequeno porque se trata de um ramo específico (papelaria) e os produtos são de baixo valor, comprados à vista. Mas o impacto é grande no bolso dos pais. Além de os preços oscilarem de uma loja para outra, o peso dos tributos embutidos nos preços dos produtos é alto, segundo a Associação Comercial de São Paulo (ACSP), e pode chegar a 49,95% no caso da caneta. Outros produtos também chamam a atenção por suas cargas tributarias elevadas: lápis (34,99%), caderno (34,99%), borracha (39,29%) e mochila (39,62%).

 

  • Publicado em Economia
Assinar este feed RSS