Vendas no varejo da China sobem 10,3% em setembro

As vendas no varejo da China avançaram 10,3% em setembro deste ano, na comparação com o mesmo mês do ano passado, segundo informações divulgadas hoje pelo escritório nacional de estatísticas do país, National Bureau of Statistics (NBS). O resultado veio acima do esperado pelo mercado (10,2%).

(MR - Agência IN)

Vendas no varejo paulista crescem 5,2% em julho

O processo de recuperação das vendas no comércio varejista se mostra cada vez mais consistente. Em julho, as vendas no varejo paulista cresceram 5,2%, em relação ao mesmo mês do ano passado. Foi a quinta maior cifra registrada para o mês desde o início da série histórica, em 2008. O comércio varejista faturou R$ 50,7 bilhões no mês, R$ 2,5 bilhões a mais do que o apurado em julho de 2016. Com esses resultados, a taxa acumulada até julho deste ano foi de 3,8%, que, em termos reais, representa um crescimento de R$ 12,6 bilhões em comparação ao mesmo período do ano passado.

Vendas do varejo recuam em agosto, aponta IBGE

Em agosto de 2017, o volume de vendas do comércio varejista nacional recuou 0,5%, enquanto a receita nominal teve variação de -0,1%, ambos frente a julho, na série com ajuste sazonal, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A queda no volume de vendas ocorreu após quatro meses de crescimento, período em que houve um ganho acumulado de 2,1%. Em relação a agosto de 2016, o volume de vendas avançou 3,6%, quinta taxa positiva consecutiva nesta comparação. O acumulado no ano foi de 0,7%. O acumulado nos em 12 meses permanece negativo (-1,6%), mas reduzindo o ritmo de queda, pois este foi o recuo menos intenso desde agosto de 2015 (-1,5%).

Varejo no Estado de SP cria 7.477 postos de trabalho em agosto

O comércio varejista no Estado de São Paulo criou novas vagas de emprego pelo segundo mês consecutivo. Em agosto, foram abertos 7.477 postos de trabalho celetistas, resultado de 71.560 admissões e 64.083 desligamentos. É a terceira vez ao longo de 2017 que o setor registra geração de empregos, sendo o maior saldo desde novembro de 2016. Com o resultado, o varejo encerrou o mês com um estoque total de 2.065.908 trabalhadores. No acumulado dos últimos 12 meses, foram extintos 5.155 empregos com carteira assinada, número bem inferior na comparação entre setembro de 2015 e agosto de 2016, quando foram perdidos 66.527 vínculos celetistas.

Vendas do varejo de material de construção crescem 7%

As vendas do varejo de material de construção cresceram 7% em setembro, na comparação com o mesmo período de 2016. Na comparação com agosto de 2017, o índice se manteve estável no mês. Os dados são da Pesquisa Tracking mensal da Anamaco, que entrevistou 530 lojistas entre os dias 26 a 29 de setembro.
“Com esses resultados apresentados, o volume de vendas no ano apresenta alta de 4,5%, se comparado ao mesmo período do ano passado. Já nos últimos 12 meses, conseguimos atingir o crescimento de 1%”, explica o presidente da Anamaco, Cláudio Conz.

Vendas totais do varejo crescem 3,3% em agosto

A retomada das vendas totais teve seu quarto mês consecutivo em agosto de 2017, com crescimento de 3,3% (excluídas as vendas de automóveis e materiais de construção) sobre o mesmo período do ano anterior de acordo com o SpendingPulse, indicador de varejo da Mastercard. A média de crescimento dos últimos três meses foi de 3% sobre o mesmo período de 2016 e acima do segundo trimestre de 2017, que expandiu 1,1%.

Assinar este feed RSS