Suzano Papel e Celulose anuncia nova Diretora de Marketing

A Suzano Papel e Celulose anuncia Adriana González como nova Diretora de Marketing da Diretoria de Bens de Consumo, liderada por Fabio Prado. Com ampla experiência no setor e em programas de liderança e marketing, a executiva venezuelana chega ao time para contribuir com o posicionamento e a implantação do portfólio de produtos de papéis tissue, negócio de bens de consumo da empresa.

Suzano Papel e Celulose inaugura Centro de Distribuição em São Bernardo do Campo

A Suzano Papel e Celulose inaugurou seu novo Centro de Distribuição Local (CDL), em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. A nova estrutura possui uma área de armazenagem de 16 mil m2, 23% maior do que o antigo espaço, o CDL Anchieta, e capacidade para armazenar até 15 mil toneladas de papéis. A mudança trará ganhos logísticos às operações da Suzano, além de preparar a estrutura de abastecimento da região para um aumento no volume de vendas nos próximos anos.

Lucro da Suzano Papel e Celulose recua no 2T17

A Suzano Papel e Celulose registrou lucro líquido de R$ 198,5 milhões no segundo trimestre de 2017 (2T17) em comparação ao lucro líquido de R$ 954,3 milhões no 2T16 e ao lucro líquido de R$ 450,1 milhões no 1T17. No acumulado do ano, o lucro foi de R$ 648,7 milhões.

Ebitda ajustado da Suzano Papel e Celulose totaliza R$ 847 milhões no 1T17

A Suzano Papel e Celulose divulga hoje os resultados referentes ao primeiro trimestre de 2017, com dados operacionais que a consolidam como a empresa de custo mais competitivo da indústria brasileira. O Ebitda ajustado totalizou R$ 847 milhões e a geração de caixa operacional somou R$ 622 milhões entre janeiro e março. Consequência de um conjunto de iniciativas que visam otimizar o resultado de suas operações, a companhia reportou ainda um custo caixa de produção de celulose de R$ 585 por tonelada, sem paradas, igualmente o melhor desempenho da indústria brasileira no período.

Suzano Papel e Celulose é reconhecida no mercado de finanças verdes

A Suzano Papel e Celulose, empresa de base florestal e segunda maior produtora global de celulose de eucalipto, está entre as empresas reconhecidas no Green Bond Pioneer Awards, prêmio concedido pela Climate Bonds - iniciativa que promove investimentos na economia de baixo carbono e cujo objetivo é certificar as organizações que se destacaram pelo pioneirismo no segmento de finanças verdes.

Suzano Papel e Celulose lança FIDC para ampliar oferta de crédito

A Suzano Papel e Celulose e o Rabobank acabam de firmar uma parceria para a criação de um Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC) que garantirá oferta adicional de crédito a clientes da fabricante de papel e celulose no valor de até R$ 100 milhões. A partir dessa operação, a Suzano se torna a primeira empresa brasileira do setor de papel e celulose a viabilizar uma nova linha de crédito, nesses moldes, para clientes com atuação no mercado nacional.

Assinar este feed RSS