Ações PN da Irani deixarão de ser negociadas na B3

Irani Papel e Embalagem S.A., em continuidade ao Fato Relevante divulgado em 04 de dezembro de 2020, comunica que a partir de 14 de dezembro de 2020, tendo em vista a conversão das ações preferenciais em ações ordinárias da Companhia, as ações preferenciais de emissão da Companhia deixarão de ser negociadas na B3, sendo que as ações ordinárias de sua emissão passarão a ser negociadas no Novo Mercado da B3 a partir de tal data.

Irani tem Ebitda ajustado de R$ 55,6 milhões

A Irani Papel e Embalagem anunciou que fechou o 3º trimestre de 2020 com receita líquida de R$ 261,4 milhões, aumento de 9,4% quando comparada ao mesmo período de 2019 e alta de 8,5% diante do 2º trimestre deste ano, principalmente em função do aumento do volume de vendas do segmento Embalagem de Papelão Ondulado e também do aumento de preços médios no período, aliados à valorização do Dólar e do Euro em relação ao Real nas vendas para o mercado externo.

Irani paga JCP e dividendos intercalares no dia 15/09

A Irani Papel e Embalagem S/A comunica que no dia 15 de setembro de 2020 será pago os juros sobre o capital próprio no valor total de R$ 4.774.000,00, os quais, líquidos do imposto sobre a renda retido na fonte, perfazem o valor total de R$ 4.057.900,00 e os dividendos intercalares no valor total de R$ 4.120.100,00, ambos aprovados pelo Conselho de Administração em reunião realizada em 20 de agosto de 2020.

Irani anuncia migração de suas ações para o Novo Mercado

A Irani Papel e Embalagem (ticker RANI3) anunciou que concluiu hoje, 24, sua oferta pública (Follow On) na B3. A empresa, que está entre as principais indústrias dos segmentos de papel para embalagens e de papelão ondulado do Brasil, realizou a oferta sob a coordenação do Banco BTG Pactual S.A. (Coordenador Líder), do Banco de Investimentos Credit Suisse (Brasil) S.A. e da XP Investimentos Corretora de Câmbio, Títulos e Valores Mobiliários S.A (Coordenadores da Oferta).

 

Receita operacional líquida da Irani cresce no 1T20

A receita operacional líquida da Irani Papel e Embalagem foi de R$ 236.323 mil no primeiro trimestre de 2020, crescimento de 17% quando comparado à do 1T19 e de 1,4% quando comparado ao 4T19, refletindo principalmente o aumento no volume de vendas nos segmentos Papel para Embalagens e Embalagem de Papelão Ondulado, quando comparado ao 1T19, e à melhor performance do mercado externo em função da valorização do Dólar e Euro em relação ao Real.

Irani registra receita líquida de R$ 238,9 milhões no 3T19

A Irani, uma das principais indústrias brasileiras dos segmentos de papel para embalagens e embalagem de papelão ondulado, anunciou seus números do terceiro trimestre deste ano. A empresa registrou receita líquida de R$ 238,9 milhões, um aumento de 10,1% em relação ao mesmo período de 2018 e crescimento de 6,3% frente ao segundo trimestre deste ano.

 

Assinar este feed RSS