Casa Civil exonera mais integrantes da equipe de Dilma

Portaria da Casa Civil publicada no Diário Oficial da União de hoje (9) exonera diversos integrantes da equipe da ex-presidente Dilma Rousseff. Os doze servidores exonerados faziam parte da chefia de gabinete ligada à Presidência da República, e trabalhavam com Dilma no Palácio da Alvorada durante o período em que ficou afastada.

Giles Azevedo é nomeado assessor da Casa Civil

A edição de hoje (13) do Diário Oficial da União traz a nomeação de Giles Azevedo para o cargo de assessor especial da subchefia de Análise e Acompanhamento de Políticas Governamentais da Casa Civil da Presidência da República. Giles assessora a presidenta afastada Dima Rousseff desde que ela era ministra de Minas Energia. De acordo com a Secretaria de Imprensa da Presidência, a nomeação foi um ajuste e Giles continuará integrando a equipe de Dilma.

Ações de reforma agrária e agricultura familiar vão para a Casa Civil

O presidente interino Michel Temer transferiu para a Casa Civil as atribuições de diversos órgãos responsáveis pelas ações do Estado nas áreas de reforma agrária, agricultura familiar, desenvolvimento territorial, regularização fundiária, desenvolvimento e reordenamento agrário, bem como delimitação, demarcação e homologação de terras dos remanescentes das comunidades quilombolas.

Eliseu Padilha assume a Casa Civil

Advogado e empresário, o deputado federal Eliseu Padilha (PMDB-RS) é novo ministro da Casa Civil.

Padilha é considerado um dos políticos mais próximos do presidente Michel Temer e atuou ao lado dele na articulação política no Congresso em nome da presidente Dilma Rousseff, no ano passado.

 

STF adia julgamento sobre validade da posse de Lula na Casa Civil

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (20) adiar o julgamento sobre a validade da nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para ocupar o cargo de ministro-chefe da Casa Civil, suspensa no mês passado, por meio de uma liminar proferida pelo ministro Gilmar Mendes.

 

STF julga hoje validade da nomeação de Lula para a Casa Civil

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir hoje (20) sobre a validade da nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para ocupar o cargo de ministro-chefe da Casa Civil. Os ministros vão julgar recursos protocolados pela defesa do ex-presidente e a Advocacia-Geral da União (AGU). Os advogados de Lula argumentam que não há impedimento legal para que ele assuma a Casa Civil.

AGU entra com novo recurso no Supremo para garantir posse de Lula

A Advocacia-Geral da União (AGU) apresentou novo recurso contra a decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que barrou a posse do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no cargo de ministro da Casa Civil. No recurso, a AGU pede que Mendes reveja sua decisão ou remeta o caso ao plenário do Supremo.

AGU pede suspensão de processos contra nomeação de Lula para Casa Civil

A Advocacia-Geral da União (AGU) protocolou eletronicamente neste domingo (20), no Supremo Tribunal Federal (STF), manifestações em que pede que a Corte conceda medida cautelar para suspender o andamento de todos os processos e decisões judicias que tenham relação com duas ações que tramitam no STF contra a nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a Casa Civil da Presidência da República. No documento, enviado ao ministro Teori Zavaski, a AGU fala pela presidente da República, Dilma Rousseff.

Assinar este feed RSS