Economia brasileira deve crescer menos do que economia global, prevê BNP Paribas

A economia brasileira deve começar a crescer a partir do segundo semestre de 2021, mas o ritmo de expansão deve ser menor do que o da economia global, de acordo com o economista-chefe do BNP Paribas no Brasil, Gustavo Arruda. Para ele, o primeiro semestre deve ser mais fraco, com os três primeiros meses de 2021 podendo ainda apresentar queda, e uma pequena alta no segundo trimestre. “O segundo semestre deve ser bastante positivo, mas mesmo assim ainda vamos crescer menos do que outros países. Vamos passar por um período de acomodação”, avalia, ponderando, no entanto, que o retorno do PIB ao nível do quarto trimestre de 2019 deve ocorrer somente entre o primeiro e o segundo trimestre de 2022.

  • Publicado em Economia

BNP Paribas tem queda de 2,3% no lucro líquido do 3T20

O BNP Paribas anunciou que registrou lucro líquido trimestral de 1,89 bilhão de euros, o que representa uma queda de 2,3% em relação ao mesmo período do ano anterior. Segundo a empresa, um aumento nas negociações de moedas e commodities no período ajudou bastante a companhia, apesar da redução nas margens causadas pelas taxas de juros mais baixas.

 

Lucro líquido do BNP Paribas recua 6,8% no 2T20

O BNP Paribas anunciou que a receita do segundo trimestre de 2020 em seu banco corporativo e institucional aumentou 33,1%, enquanto a receita de trading de renda fixa, moedas e commodities (FICC) aumentou 153,8%.

Assinar este feed RSS