Anatel nega solicitação de extensão de prazo para ocupação de posição orbital

O Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em decisão tomada, na quinta-feira (5) em Brasília, não atenderá a solicitação da empresa Echostar para que o prazo para a ocupação da posição orbital de 45º Oeste para as bandas S e Ka seja prorrogado. O prazo para ocupar a posição orbital se encerrou em 8 de maio de 2017, de acordo com o Edital da Licitação realizada em 2012. A Echostar solicitou à agência reguladora a extensão do prazo até o dia 8 de dezembro de 2020. Além disso, a Anatel deve realizar chamamento público para novos interessados em ocupar a posição orbital. Também será aberto um Processo de Apuração de Descumprimento de Obrigações (Pado) para analisar o comportamento da Echostar.

Telefonia móvel registra aumento de 156.155 linhas em agosto

No mês de agosto de 2017, a telefonia móvel registrou 242.167.504 linhas em operação de acordo com dados divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Em relação ao mês anterior, o serviço móvel pessoal apresentou aumento de 156.155 linhas (+ 0,06%). Nos últimos 12 meses, houve redução de 9.913.980 linhas (-3,93%).

Telefonia móvel registra pequena redução em julho

No mês de julho de 2017, a telefonia móvel registrou 242.011.349 linhas em operação de acordo com dados divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Em relação ao mês anterior, o serviço móvel pessoal apresentou queda de 113.100 linhas (-0,05%). Nos últimos 12 meses, a redução foi de 10.562.492 linhas (-4,18%).

Anatel registra redução de 11,1 % nas reclamações em julho

No mês de julho de 2017, foram registradas 281,1 mil reclamações na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), queda de 11,1% na comparação com o mesmo mês de 2016. Com exceção da TV por Assinatura, que apresentou 41 mil reclamações (+ 5,8%), os outros serviços de telecomunicações apresentaram redução: telefonia móvel, com 133,5 mil queixas (-16,8%), telefonia fixa, com 60,6 mil (-12,8%), e banda larga fixa, com 43,9 mil (-3,9%).

Anatel estuda cassar autorizações do Grupo Oi

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) informou que discutirá a abertura de processos de caducidade das concessões e de cassação das autorizações do Grupo Oi. A medida foi proposta pelo coordenador do Núcleo de Ações, conselheiro Igor de Freitas, e será analisada pelo conselho diretor da Anatel.

Assinar este feed RSS