Startup pede autorização para testar entregas com drones

  •  
Startup pede autorização para testar entregas com drones (Foto: Divulgação) Startup pede autorização para testar entregas com drones

A Frete Rápido, pretende realizar entregas utilizando drones em São Paulo. A startup atua no mercado de transporte de cargas com uma plataforma web que conecta em tempo real empresas às transportadoras rodoviárias e aéreas. Os drones serão testados em entregas rápidas e com pequenos volumes, já que os aparelhos possuem capacidade para transportar até 15kg por vez.

Atualmente a Frete Rápido trabalha com centenas de transportadoras por todo Brasil, sua tecnologia automatiza todo processo de envio de mercadorias, desde pequenas a grandes empresas. Eles cuidam de todas etapas do frete: o CT-e, seguro, gestão de risco e rastreio das cargas da coleta até a entrega. A empresa não cobra pelos serviços, já que sua remuneração é escalável junto às transportadoras. Desta forma sua tecnologia reduz até 70% dos custos logísticos das empresas.

Disponível na web há menos de 2 meses, com um modelo de negócio inovador e de fácil expansão, a startup vem apresentando crescimento acima de 90% ao mês. Este sucesso talvez seja pela persistência de seus fundadores: “O projeto Frete Rápido existe há 9 anos, todo esse tempo nos proporcionou uma grande rede de contatos e pudemos acompanhar de perto as tentativas de algumas empresas neste setor, todo esse know-how está sendo utilizado da melhor forma”, assegura o CEO da empresa.

Diante de algumas regulamentações ainda em discussão no País, a Frete Rápido pretende seguir em frente com suas evoluções tecnológicas, a empresa acredita que o mercado de transporte de cargas terá um crescimento rápido com a retomada da economia, e está se preparando para isto.

(Redação – Agência IN)