Setor de suplementos nutricionais cresce no faturamento

  •  
Mercado brasileiro é atraente para as grandes marcas e desenvolve produtos diversificados para atender ao consumidor Foto: Divulgação Mercado brasileiro é atraente para as grandes marcas e desenvolve produtos diversificados para atender ao consumidor

O consumo de suplementos nutricionais tem se tornado uma tendência e vem ganhando espaço na vida dos brasileiros. O setor registrou um faturamento de R$1,32 bilhão em 2015, com crescimento de 12% em relação ao período anterior. Esta ascensão constante nos últimos cinco anos releva o pleno potencial de mercado no Brasil, além disso, o país cada vez mais proporciona novos negócios no varejo, com a abertura de franquias, body shops e e-commerce especializado.

Segundo dados da Euromonitor, nos últimos cinco anos o mercado de alimentos saudáveis teve um crescimento relevante, e a indústria da suplementação nutricional também está atenta às novas necessidades e desejos do consumidor. De acordo com o presidente da Brasnutri, Synésio Batista da Costa, o mercado brasileiro da suplementação é atraente para as grandes marcas e abre oportunidades, não apenas para as empresas tradicionais do segmento, como também para novos empreendedores. "As empresas nacionais estão investindo cada vez para desenvolver produtos diversificados que colaborem para que as pessoas possam ter uma vida equilibrada. Além da proteína em pó, as marcas oferecem alternativas que estimulam uma alimentação saudável, como os diversos tipos de sabores das barrinhas, produtos sem glúten, vegan e alimentos como massas, cereais e sobremesas fit com alta concentração protéica. É comprovado que esses produtos fornecem uma série de benefícios para o organismo", declara o presidente.

Para Synésio, é preciso ainda desmistificar o uso da suplementação e mostrar que o consumo é apropriado para todos os públicos, desde que busquem uma orientação profissional. "O uso da suplementação já não é mais algo fora da nossa realidade, temos alguns pilares que fortalecem o crescimento do setor, como a expectativa de vida da população e a preocupação das pessoas no cuidado com a beleza, saúde e bem-estar. O negócio da suplementação é propício para gerar grandes possibilidades de desenvolvimento e atuação tanto para os profissionais de nutrição como os profissionais ligados à medicina esportiva. Desta maneira, o ano de 2016 apresenta mais um salto no segmento", afirma o presidente da Brasnutri.

O Brasil possui hoje mais de 2.500 lojas especializadas de suplementos nutricionais, espalhadas em todo o território nacional e que representam 90% do canal de distribuição dos produtos.

(Redação - Agência IN)