Renner anuncia lucro líquido de R$ 299,8 mi no 4T16

Destaque Renner anuncia lucro líquido de R$ 299,8 mi no 4T16 (Foto: Divulgação) Renner anuncia lucro líquido de R$ 299,8 mi no 4T16

A Lojas Renner anunciou hoje, 10, os seus resultados do quarto trimestre (4T16). A Receita Líquida das Vendas de Mercadorias apresentou, no 4T16, crescimento de 4,5% ante o mesmo período de 2015, não obstante os impactos do ambiente macroeconômico atual, o menor fluxo nos shoppings e por temperaturas mais baixas que o normal no início do trimestre.

O Lucro Bruto das Vendas de Mercadorias, no 4T16, apresentou crescimento de 4,8% e a Margem Bruta da Operação de Varejo atingiu 55,8%, favorecida pela boa gestão comercial, mesmo com o período mais promocional e o efeito do câmbio contratado para os produtos importados. A reoneração da folha de pagamentos, no trimestre, também impactou positivamente a margem em 0,3p.p.. 

O Lucro Líquido da Companhia, no 4T16, foi de R$ 299,8 milhões, com crescimento de 19,2% em relação ao 4T15, e a Margem Líquida foi de 15,6% ante 13,7% no 4T15, devido, principalmente, ao avanço das margens operacionais e ao bom resultado de Produtos Financeiros, não obstante o efeito não comparável da reoneração da folha de pagamentos. Se excluído esse efeito, o Lucro Líquido teria atingido R$ 305,0 milhões e a Margem Líquida teria sido de 16,0%.

As Despesas Operacionais (VG&A) apresentaram crescimento de 5,8%, ou 2,2% se excluído o efeito da reoneração da folha de pagamentos, refletindo o rígido controle orçamentário adotado pela Companhia. 
A Margem EBITDA Ajustada do Varejo foi de 26,3% (26,8% se desconsiderado o efeito da reoneração da folha de pagamentos), contra 24,7% no 4T15. Já o EBITDA Ajustado Total apresentou crescimento de 15,5%, com Margem EBITDA Ajustada Total de 29,6%, o que representa um avanço de 2,8p.p. em relação a margem do 4T15, consequência do foco da Companhia na proteção das margens operacionais, com o rígido controle de despesas, e do resultado de Produtos Financeiros. Se excluídos os efeitos da reoneração da folha de pagamentos e das revisões fiscais, a Margem EBITDA Ajustada Total teria sido de 28,7%, superando a do 4T15 em 2,3p.p

O Resultado de Produtos Financeiros, no 4T16, totalizou R$ 62,9 milhões, com crescimento de 63,5%, ante o 4T15, e representou 11,1% do EBITDA Total da Companhia, reflexo da melhora na receita e do menor nível de perdas do Cartão Renner e Saque Rápido. 

Ao final do mês de dezembro, os Cartões Renner emitidos somavam 27,4 milhões, com uma participação de 47,3% sobre as vendas de mercadorias, ante 47,9% no 4T15, sendo 38,8% oriundos das vendas em 0+5 parcelas sem encargos e 8,5% referentes à condição de 0+8 parcelas com encargos. O Ticket médio do Cartão Renner atingiu R$ 204,28 no 4T16, 3,5% maior do que no 4T15. Já o Ticket médio da Companhia foi de R$ 146,78, ficando 3,7% acima do 4T15.

(Redação – Agência IN)