Projeto prevê inclusão de pequenas empresas de bebidas no Simples Nacional

  •  
Projeto prevê inclusão de pequenas empresas de bebidas no Simples Nacional Divulgação

As pequenas empresas de refrigerantes de todo o Brasil vão estar inclusas no Simples Nacional se o Projeto de Lei Complementar nº 60, que engloba o setor de serviços no setor, não for vetado pelo Executivo Nacional. A expectativa é de que a matéria seja avaliada nos próximos dias.

O presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Refrigerantes do Brasil (Afrebras), Fernando Rodrigues de Bairros, explica que as pequenas indústrias deste segmento não fazem parte do Simples Nacional desde 2002. “Essa exclusão foi responsável pelo fechamento de inúmeras fábricas nos últimos anos, o setor era composto por mais de 850 empresas e hoje engloba menos de 200 indústrias”, destaca.

Atualmente, o principal entrave para o desenvolvimento do setor é a alta carga tributária. Cabe ressaltar que somente duas grandes corporações, que têm uma tributação efetiva inferior a 20%, detêm cerca de 80% do mercado de bebidas em todas as regiões do Brasil. Este número representa mais de 92% da receita. Enquanto isso, as pequenas empresas do setor estão sujeitas a uma tributação efetiva superior a 40%.

(Redação- Agência IN)