Profarma registra Ebitda de R$ 25,8 milhões no 1T16

  •  
Profarma registra Ebitda de R$ 25,8 milhões no 1T16 Foto: Divulgação Profarma registra Ebitda de R$ 25,8 milhões no 1T16

A Profarma divulgou nesta última quarta-feira, 4, os resultados do primeiro trimestre de 2016. A Companhia vem apresentando uma visão consolidada proforma (considerando 100% de todas as empresas – Profarma Distribuição Farma, Varejo com 100% de Drogasmil / Farmalife e Tamoio e Especialidades com 100% da Joint Venture), para melhor entendimento dos resultados dos investimentos.

No primeiro trimestre de 2016, a Profarma alcançou evolução em todas as divisões, o que levou a faturamento (receita operacional bruta proforma consolidada) de R$ 1,3 bilhão no 1T16, 16,9% superior ao registrado no mesmo período do ano anterior, além de redução de 1.0 p.p. nas relações de despesas operacionais sobre receita líquida. Com isso, o Ebitda proforma consolidado superou em 31,0% o de 1T15, registrando R$ 25,8 milhões neste ano.

Ainda que o país continue atravessando, desde 2015, um período de incertezas políticas, que tem impactado a atividade econômica, a Profarma apresenta melhora no desempenho, uma demonstração da eficiência estratégica da Companhia. “Temos logrado êxito em nossa estratégia de diversificação por meio da atuação como plataforma integrada e verticalizada, por mais que o cenário seja desafiador”, ressalta Max Fischer, CFO e diretor de RI da Companhia.

Neste ano, após a aquisição dos 50% remanescentes da Tamoio, para representar a Divisão Varejo, uma nova marca foi criada: a d1000 varejo farma. Hoje, está composta pelas redes de farmácias Drogasmil, Farmalife e Tamoio. Esta marca é resultado da união de pessoas, competências e talentos, prontas para encontrar as melhores soluções e oportunidades. Essa denominação da Divisão Varejo não acarreta qualquer mudança para lojas e consumidor final. As redes de farmácias terão suas marcas e identidades visuais mantidas.

Resultado por Divisão

Divisão Distribuição Farma: Registrou crescimento de 17,0% nas vendas em relação ao 1T15, registrando faturamento de R$ 1,0 bilhão. O principal destaque foi o segmento de Higiene Pessoal & Cosméticos, que apresentou evolução de 38,8% nas vendas em relação ao mesmo período do ano passado. O Ebitda atingiu R$ 17,9 milhões, aumento de 16,5% na comparação com o primeiro trimestre do ano anterior.

Divisão Especialidades: Com aumento de 38,8% nas vendas em comparação ao primeiro trimestre do ano passado, esta divisão registrou receita bruta de R$ 230,9 milhões. O incremento de 52,0% nas vendas do atacado de especialidades foi um dos maiores responsáveis pelo crescimento apresentado na divisão, ocasionado, principalmente, pelo aumento de 52,4% no setor privado, em comparação com o 1T15.

Divisão Varejo: Apresentou aumento de 12,4% em relação ao 1T15, com receita bruta consolidada da divisão de R$ 195,9 milhões, diretamente relacionado ao crescimento de vendas nas lojas maduras de 9,6%, combinado ao crescimento de 15,1% nas lojas em maturação. O Ebitda alcançou R$ 3,5 milhões, 81,7% maior que no 1T15. Em 2016, a Companhia vai concentrar o foco de atuação na captura das sinergias entre as duas redes, tendo em vista a aquisição dos 50% remanescentes da Rede Tamoio em dezembro de 2015.

(Redação - Agência IN)