Pontualidade de pagamentos das empresas fica estável

Pontualidade de pagamentos das empresas fica estável (Foto: Divulgação) Pontualidade de pagamentos das empresas fica estável

A pontualidade de pagamentos das micro e pequenas empresas atingiu 95,8% em outubro/17, mesmo patamar verificado em setembro/17. Isto significa que, no mês passado, a cada 1.000 pagamentos realizados, 958 foram quitados à vista ou com atraso máximo de sete dias. É o que aponta o Indicador de Pontualidade das Micro e Pequenas Empresas da Serasa Experian.

As micro e pequenas empresas do setor comercial apresentaram o maior nível de pontualidade de pagamentos em outubro/17: 96,5%. Nas indústrias a pontualidade de pagamentos foi de 96,1% ao passo que nas micro e pequenas empresas do setor de serviços a pontualidade foi mais baixa: 94,8%.

De acordo com os economistas da Serasa Experian, a saída da economia brasileira da recessão e a redução das taxas de juros estão favorecendo a pontualidade de pagamentos das micro e pequenas empresas, especialmente dos setores comerciais e industriais. No segmento de serviços, dado o seu baixo dinamismo, a pontualidade de pagamentos ainda está num patamar relativamente mais baixo.

Em outubro/2017, o valor médio dos pagamentos realizados em dia foi de R$ 1.951 uma redução de 0,7% em termos nominais comparando-se outubro/2016. O valor médio mais alto foi registrado pelos pagamentos pontuais das empresas industriais (R$ 2.052), seguido pelo das empresas de serviços (R$2.036) e, por fim, pelas micro e pequenas empresas comerciais (R$ 1.934).

(Redação - Investimentos e Notícias)