Petróleo fecha estável em Nova York

  •  
Fechamento do petróleo Foto: Divulgação Fechamento do petróleo

As cotações do petróleo em Nova York fecharam estáveis nesta segunda-feira, em um mercado que acompanha de perto a situação no Iraque e na Ucrânia.

O barril de "light sweet crude" (WTI) para entrega em julho teve queda de um centavo no New York Mercantile Exchange (Nymex) e ficou em 106,90 dólares o barril, após abertura em equilíbrio. Em Londres, o barril de Brent do Mar do Norte fechou em alta. O contrato para agosto foi cotado a 112,94 dólares no Intercontinental Exchange (ICE), em avanço de 48 centavos em comparação ao fechamento de sexta-feira. Na sexta-feira, o petróleo bruto dos Estados Unidos chegou ao seu nível mais alto desde setembro, em um mercado que observa com apreensão o avanço dos rebeldes islamistas no nordeste do Iraque. "Relacionamos o ataque dos rebeldes aos preços do petróleo", afirma Bart Melek, da TD Securities. Para o especialista, se os combates não chegarem ao sul do país, onde se concentra a infraestrutura petroleira, não haverá ameaça iminente à produção de cerca de 3,3 milhões de barris diários. O mercado também acompanha com atenção o corte de gás fornecido pela Rússia à Ucrânia. Moscou permitirá que o gás destinado aos países europeus continue passando pela Ucrânia. Segundo alguns analistas, a capacidade de alta de preços do mercado nos EUA é limitada. "Considerando os preços já bem altos do mercado, acreditamos que as possibilidades de baixa nas cotações nos mercados mundiais de petróleo são importantes", avaliou Tim Evans, do Citi Futures. (Redação com AFP - Agência IN)