Petro Rio tem receita líquida de R$ 399 milhões no 3T19

  •  
Petro Rio tem receita líquida de R$ 399 milhões no 3T19 Foto: Divulgação

A Petro Rio S.A. (B3: PRIO3) anunciou seus resultados referentes ao terceiro trimestre de 2019 (“3T19”). As informações financeiras e operacionais são apresentadas em bases consolidadas e em Reais (R$).

A companhia atingiu a marca de R$ 1,1 bilhão de Receita Líquida no ano e Receita Líquida de R$ 399 milhões no 3T19, aumento de 78% vs 3T18.

O EBITDA ajustado (ex-IFRS 16) foi de R$ 215,9 MM, sendo a maior margem já reconhecida para um trimestre (54%).

Houve queda do lifting cost PetroRio para US$ 22,9/bbl (em 3T18: US$ 26,6/bbl). No entanto, a empresa comemora o maior EBITDA ajustado por barril da história da PetroRio (US$ 31,5/bbl), além da queda acelerada na dívida líquida para 1,2x ND/Ebitda, que permitirá a alavancagem para aquisições em negociação, de acordo com informações da empresa.

Como principal destaque operacional no trimestre, a produção no Campo de Frade foi 15,4% superior ao mesmo período do ano anterior e 18% maior do que o volume estimado para o trimestre se considerado o declínio natural do Campo no momento da incorporação do ativo.

O incremento é resultado das estimulações e medidas tomadas para combater o declínio no Campo e aumentar a produção, como a injeção de gás(bullhead).

Nos primeiros nove meses de 2019, a produção de Frade registrou aumento de 11% quando comparada à igual período de 2018, pelos mesmos motivos.

Em Polvo, a produção foi 7% superior aos primeiros nove meses de 2018, resultado do sucesso da campanha de perfuração de 2018.

Na comparação com o 2T19, a produção teve queda de 5% em decorrência da parada de um poço que produzia cerca de 300 barris por dia, e do declínio natural esperado dos poços que entraram em produção na última campanha.

A produção total da PetroRio cresceu 52,2% no trimestre contra o mesmo período de 2018. O aumento se deve à incorporação da participação dos 52% do Campo de Fradeno 2T19.

O Campo de Polvo reconheceu venda de 508 mil barris e Frade de 995 mil barris, totalizando aproximadamente 1,5 milhão de barris para a Companhia no período.

O preço bruto médio das vendas do trimestre foi de US$ 62,3 por barril, 17,6% abaixo do 3T18 e 9,2% abaixo do preço reconhecido no 2T19. No entanto, as vendas do trimestre foram beneficiadas pelo preço mais alto do Brent no mês de setembro de 2019.

(Redação - Investimentos e Notícias)