Paraná Banco bate recorde e lucra R$ 215,6 milhões em 2018

  •  
Resultado representa aumento de 7,8% e é o melhor da história da instituição Foto: Divulgação Resultado representa aumento de 7,8% e é o melhor da história da instituição

O Paraná Banco anunciou nesta terça-feira, 26, os resultados do quarto trimestre de 2018.

Segundo o banco, a instituição finalizou o ano de 2018 com o maior lucro líquido recorrente acumulado da sua história com R$ 215,6 milhões, um aumento de 7,8% ante 2017, que foi de R$ 200 milhões.

No quarto trimestre de 2018, o lucro foi de R$ 57,8 milhões. O resultado mostra um crescimento de 21,1% em comparação ao mesmo período de 2017. Reflexo da diminuição da provisão para devedores duvidosos (PDD) durante o ano e redução das despesas administrativas no mesmo período.

O Retorno sobre o Patrimônio Líquido Médio Recorrente, ROAE recorrente, no quarto trimestre de 2018 foi de 17,8%, crescimento de 2 pontos percentuais versus o trimestre de 2017. A NIM atingiu 13,3% no trimestre, um crescimento de 1,4 ponto percentual em relação ao período anterior.

O Banco encerrou 2018 com caixa de R$ 1,5 bilhão, um aumento de 34,9% em relação ao mesmo período de 2017. A carteira de captação somou R$ 4 bilhões no quarto trimestre de 2018.

O Índice de Basileia atingiu 24,4% no quarto trimestre de 2018. Alta de 0,4 ponto percentual em relação ao período anterior e de 3,5 pontos percentuais em comparação com o mesmo período do ano passado.

O índice de eficiência, ex PDD, no quarto trimestre de 2018 foi de 36%, uma melhora de 6,5 e 3,3 pontos percentuais, quando comparado ao mesmo período do ano passado e ao trimestre anterior, respectivamente.

As receitas intermediação financeira apresentaram, em relação ao trimestre anterior, aumento de 1,4% no quarto trimestre de 2018, com R$ 232 milhões.

De acordo com o presidente do Paraná Banco, Cristiano Malucelli, o desempenho é o resultado de um trabalho consistente. – Apesar do cenário político-econômico incerto e da crise financeira, o Paraná Banco atingiu seu maior lucro da história, o que mostra a consolidação da instituição no mercado. Nossa captação aumentou e os custos administrativos diminuíram. O desempenho reflete a qualidade dos ativos do Paraná Banco, que visa à transformação digital com a modernização dos processos – afirmou ele.

Cristiano acredita que em 2019, ano em que o banco comemora 40 anos de existência, os resultados serão ainda mais robustos.

(*Redação - Investimentos e Notícias)