Natura registra lucro líquido de R$ 61 milhões no 3T17

Natura registra lucro líquido de R$ 61 milhões no 3T17 Foto: Divulgação Natura registra lucro líquido de R$ 61 milhões no 3T17

A empresa de Cosméticos Natura anunciou nesta terça-feira (14) que no terceiro trimestre de 2017, a receita líquida consolidada foi de R$ 2.365,4 milhões (+24,3% vs. 3T16). O EBITDA consolidado foi de R$ 450,4 milhões (+40,8% vs. 3T16) e o lucro líquido, de R$ 61,0 milhões (-16,6% vs. 3T16).

A geração de caixa livre, antes dos impactos da aquisição da TBS, foi de R$ 142,5 milhões, contra R$ 138,3 milhões no 3T16.

No acumulado do ano 2017, a receita líquida consolidada foi de R$ 6.119,8 milhões (+8,9% vs. o mesmo período do ano anterior). O EBITDA consolidado foi de R$ 1.113,6 milhão (+26,3% vs. o 3T16) e o lucro líquido foi de R$ 413,4 milhões (R$ 318,5 milhões maior que o lucro líquido do mesmo período de 2016). A geração de caixa livre, antes dos impactos da aquisição da TBS, foi de R$ 440,6 milhões contra uma geração de caixa de R$ 66,9 milhões em 2016.

O aumento da receita líquida consolidada de 24,3% foi alavancado pelo desempenho da Natura, da Aesop e incluiu a receita de setembro da The Body Shop.

A Natura no Brasil teve crescimento de 10,4% da receita líquida, resultante do excelente desempenho das Vendas por Relações, da estratégia de categorias e das vendas online. No período revertemos a provisão incorrida no ano do IPI instituído pelo Decreto 8.393/2015, que correspondeu a 5,2% deste crescimento.

A Natura na América Latina manteve consistente expansão da receita líquida, que no terceiro trimestre avançou 18,9% em moeda local, mesmo em um contexto de dificuldades político-econômicas persistentes no Peru e em um trimestre também marcado pelo terremoto no México. Em BRL, esse crescimento foi de 11,5%, ainda parcialmente afetado pela apreciação do BRL sobre as moedas da região.

A Aesop, por sua vez, reportou um forte crescimento da receita líquida de 20,3% em AUD, impulsionado pelo aumento de 12% das vendas mesmas lojas e pelas 27 lojas exclusivas a mais que o 3T16. Em BRL, o crescimento foi de 21,9%.

The Body Shop teve receita líquida em setembro de R$ 245,5 milhões. No trimestre, a receita líquida em GBP (pró-forma) apresentou um crescimento de 1,3% sobre o mesmo trimestre do ano anterior.

O lucro líquido consolidado no 3T17 foi de R$ 61,0 milhões, com queda de 16,6% sobre o 3T16. O lucro líquido comparável com o 3T16, que exclui os efeitos não recorrentes da aquisição da TBS, dos ajustes em provisões específicas, entre outros, teria sido de R$ 166,7 milhões, com crescimento de 136,8% sobre o 3T16 (em bases comparáveis).

(Redação - Investimentos e Notícias)