Mercado de trabalho mostra primeiros sinais de estabilização, aponta índices Catho-Fipe

Mercado de trabalho mostra primeiros sinais de estabilização, aponta índices Catho-Fipe Foto: Divulgação Mercado de trabalho mostra primeiros sinais de estabilização, aponta índices Catho-Fipe

Apesar de ainda estarem em queda, os índices Catho-Fipe de fevereiro apontam uma significativa redução no ritmo de piora. O Índice Catho-Fipe de Novas Vagas de Emprego apresentou em fevereiro leve redução de 0,3% na comparação com janeiro de 2017 e recuo de 3,2% com relação ao observado em fevereiro de 2016. Para contextualizar o resultado de fevereiro, em janeiro de 2017 a queda com relação ao mesmo mês do ano anterior havia sido de 8,8%.

O Índice de Novas Vacâncias também registrou uma queda menor com relação a fevereiro de 2016, recuando 4,8%. Foi o 39º mês consecutivo de redução no comparativo de 12 meses. Com relação a janeiro de 2017, houve recuo de 0,9%.

Por fim, o Índice Catho-Fipe de Vagas por Candidato, que mede a concorrência entre candidatos por uma vaga de emprego, registrou queda de 26,1% com relação ao mesmo mês do ano passado. Na comparação feita com janeiro de 2017 a queda foi de 5,7%. Com isso, a concorrência por uma vaga de emprego é a maior desde 2005.

De acordo com dados do último levantamento Catho-Fipe, o número de vagas de emprego abertas no Brasil apresentou queda de 0,3% entre janeiro e fevereiro de 2017.

Com isso, o Índice Catho-Fipe de Novas Vagas de Emprego registrou queda de 6,1% no acumulado de 2017 em relação a 2016.

Na comparação interanual (fev/17 vs fev/16) houve queda de 3,2%. Dessa maneira, o Índice Catho-Fipe de Novas Vagas manteve-se próximo ao menor nível da série histórica (Dez/2016).

Em fevereiro de 2017, o índice de novas vacâncias registrou queda de 0,9% na comparação com o mesmo mês do ano anterior.

No acumulado em 2017 (frente ao mesmo período de 2016), o valor calculado apontou queda de 7,7% na taxa de novas vacâncias.

Com relação a fevereiro de 2016, a taxa de novas vacâncias apresentou uma redução de 4,8%. Trata-se da menor queda nessa base de comparação desde janeiro de 2014.

Em fevereiro de 2017, o indicador Catho-Fipe de Vagas por Candidato mostrou queda de 5,7% com relação ao resultado de janeiro de 2017.

No acumulado de 2017 (frente ao mesmo período de 2016), o valor calculado apontou queda de 29,1% na taxa de novas vacâncias.

Na comparação interanual (jan/17 vs jan/16) houve redução de 26,1%. Trata-se do 36º mês consecutivo de queda.

(Redação - Agência IN)