Marfrig encerra 2018 com lucro líquido de R$ 1,4 bilhão

  •  
Marfrig encerra 2018 com lucro líquido de R$ 1,4 bilhão (Foto:Divulgação) Marfrig encerra 2018 com lucro líquido de R$ 1,4 bilhão

A Marfrig acaba de apresentar à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) seu resultado fiscal referente ao quarto trimestre e ao ano de 2018. Para que haja base de comparação com 2017, os resultados informados são proforma. 

No quarto trimestre de 2018, a Marfrig apresentou evolução em todos os seus indicadores - reflexo, sobretudo, de uma série de movimentações estratégicas empreendidas pela companhia ao longo do ano, como a aquisição do controle acionário da National Beef, em junho, e a venda de sua subsidiária Keystone, concretizada em novembro. Os efeitos financeiros dessas transações, aliados ao desempenho operacional da empresa, contribuíram para que a Marfrig atingisse um lucro líquido de 2,2 bilhões de reais no quarto trimestre. 

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, amortizações e depreciações) Ajustado chegou a 881 milhões de reais (crescimento de 18% em bases comparativas), com margem de 8,3%. “Num período curto de tempo, a Marfrig se reorganizou, transformando-se numa empresa mais simples, mais focada e mais eficiente”, diz Eduardo Miron, CEO global da companhia. “Os resultados apresentados são reflexo da capacidade de execução da estratégia por parte de nossa equipe.”

O desempenho no último trimestre contribuiu para que a Marfrig atingisse resultados expressivos em 2018. A receita líquida da companhia alcançou 41,4 bilhões de reais em 12 meses, uma alta de 19,8% em relação ao ano anterior. (No quarto trimestre, a receita líquida cresceu 12%, totalizando 10,6 bilhões de reais.) Em 2018, a Marfrig registrou o maior Ebitda da sua história, de 3,4 bilhões de reais, um aumento de 35,2%. A margem Ebitda Ajustada foi de 8,2%, uma expansão de 100 pontos-base em relação à margem de 7,2% de 2017. O lucro líquido anual, por sua vez, totalizou 1,4 bilhão de reais. 

Um dos destaques do trimestre foi a redução expressiva do índice de alavancagem. Após o recebimento dos valores pela venda da Keystone, a relação dívida líquida ajustada e Ebitda Ajustado dos últimos 12 meses atingiu 2,39 vezes. Trata-se de uma superação do compromisso estabelecido pela Marfrig há cinco anos, quando a companhia estipulou que chegaria ao final de 2018 com uma alavancagem de 2,5 vezes. “Nosso compromisso com a solidez financeira é inegociável”, afirma Miron. 

Pelo segundo trimestre consecutivo, o fluxo de caixa livre da companhia foi positivo, atingindo 380 milhões de reais. O fluxo de caixa operacional totalizou 900 milhões de reais no trimestre.

(Redação – Investimentos e Notícias)