MAPFRE Consórcios cresce 25% em 2016

  •  
MAPFRE Consórcios cresce 25% em 2016 Foto: Divulgação MAPFRE Consórcios cresce 25% em 2016

Em um ano marcado por um cenário no qual o consumidor agiu com cautela, a MAPFRE teve um ótimo desempenho no segmento de consórcios. A unidade teve um crescimento de 25% sobre 2015, resultado que está acima da média do mercado, que teve uma redução de 7,2% em relação aos créditos comercializados de janeiro a novembro de 2016, de acordo com dados da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac). O crescimento no segmento de automóveis também foi diferenciado, com um acréscimo de 4,15% em relação ao ano anterior.

Durante o ano, a MAPFRE Consórcios teve 1858 cotas de crédito comercializadas, sendo 1125 de imóveis e 733 de automóveis. Foram entregues ainda 110 cotas de automóveis e 151 de imóveis, em um total de 261 bens entregues. A MAPFRE atribui o bom desempenho a fatores como o constante trabalho de apoio e suporte a clientes, em especial por meio do WhatSac, que oferece atendimento imediato e inclusive permite a oferta de lances, e outros benefícios, como a chance de ganhar um prêmio de capitalização por mês. Quem adquire o plano para imóveis, concorre a prêmios de R$ 34 mil. Já para opções de automóveis, os prêmios são de R$ 20 mil.

“O consórcio é um tipo de investimento que cabe no bolso de um público bem abrangente, que vai desde jovens, passando por recém casados ou pessoas que querem aumentar o patrimônio, além de grandes investidores ou clientes que possuem financiamento e deseja quitá-lo de forma segura”, diz Renato Fernandes, diretor da MAPFRE Consórcios. O produto de acumulação também é recomendado para pais que planejam a compra de itens para seus filhos, já que pode ser adquirido sem antecipação de recursos.

Embora muitos sonhem com a aquisição imediata de um bem após serem contemplados com uma carta de consórcio, uma das recomendações da MAPFRE para os clientes é para que não tenham pressa, já que após a contemplação, o crédito fica aplicado em um fundo DI administrado pela MAPFRE Investimentos. Nos últimos meses, por exemplo, o rendimento anual ficou na casa dos 13%. Outra dica importante para que o cliente possa organizar bem as suas finanças na adesão a um plano de consórcio é calcular uma prestação que não ultrapasse 30% de sua renda mensal líquida. Dessa maneira, o cliente não compromete o pagamento de suas contas fixas e poderá garantir um bom investimento a longo prazo.

Os clientes que escolhem comprar um bem por meio do consórcio não pagam juros, mas somente a taxa de administração mensal com apenas uma correção anual por meio do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Quem adere à modalidade pode ser contemplado por meio de sorteios realizados periodicamente. Também é possível efetuar lances livres ou fixos, caso o cliente tenha recursos próprios além dos pagamentos das parcelas.

Na MAPFRE Consórcios, as cartas de crédito são de R$ 100 mil a R$ 500 mil destinados à compra de imóvel novo ou usado, que pode ser tanto residencial, comercial, de veraneio, urbano ou rural. Também é possível utilizar o montante para construir, reformar, ampliar ou quitar financiamento próprio. Há ainda cartas de créditos de R$ 30 mil a 80 mil destinadas à compra de automóveis e motocicletas, novos ou usados, de fabricação nacional ou estrangeira e para quitação de financiamento próprio.

Assim como toda administradora regulamentada pelo BACEN, a MAPFRE Consórcios não comercializa cotas contempladas. As únicas formas de premiação são por oferta de Lance (Fixo ou Livre) ou por meio de sorteio, de acordo com o Regulamento Interno.

(Redação - Agência IN)