Lucro líquido da CPFL Renováveis cresce 505% em 2018

  •  
Lucro líquido da CPFL Renováveis cresce 505% em 2018 (Foto: Pexels) Lucro líquido da CPFL Renováveis cresce 505% em 2018

A CPFL Energias Renováveis encerrou 2018 registrando acentuado crescimento em seu lucro líquido, que subiu 504,7% em comparação com o resultado do ano anterior, atingindo R$ 118,8 milhões. O lucro líquido do quarto trimestre de 2018 foi de R$ 106,8 milhões, expansão de 108,5% em comparação com os números do mesmo período do ano anterior.

Em 2018, a receita líquida atingiu R$ 1,936 bilhão, queda de 1,2% em comparação com a obtida no ano anterior. No quarto trimestre do ano passado, o indicador apresentou retração de 12,7%, para R$ 516,1 milhões. O Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) totalizou R$ 1,208 bilhão e ficou alinhado com o montante do ano anterior: R$ 1,221 bilhão. A margem Ebitda atingiu 62,4% em 2018, estável em relação ao ano de 2017.

Crescimento na geração de energia no 4T18

No último trimestre do ano passado, a CPFL Renováveis gerou 1.914,0 GWh de energia, ligeiro crescimento de 0,3% em relação ao total registrado no 4T17 (+5,2 GWh). Considerando todo o ano de 2018, foram gerados 6.751,4 GWh, redução de 0,8% ante o volume atingido em 2017. As fontes que tiveram aumento da geração foram as pequenas centrais hidrelétricas (PCHs) e as usinas de biomassa.

A geração de energia das PCHs apresentou crescimento de 23,4% (+81,9 GWh) no 4T18 em relação aos números do mesmo período do ano anterior e de 12,5% (+161,9 GWh) ante o total de 2017. Já o volume gerado nas usinas de biomassa aumentou 14,7% (+34,9 GWh) no trimestre e 5,5% (+56,7 GWh) em relação ao resultado dos 12 meses anteriores.

A fonte eólica apresentou redução de 8,4% (-111,6 GWh) em geração no quarto trimestre, e de 6% (-269,8 GWh) na comparação com o total alcançado em 2017, desempenhos puxados pela menor incidência de ventos nas regiões do Ceará, Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul. Por conta de fenômenos climáticos, 2018 registrou o menor volume de ventos nos parques eólicos da CPFL Renováveis nos últimos cinco anos.

CPFL Renováveis fecha 2018 com 94 ativos

A CPFL Renováveis tem como vantagem competitiva a diversificação de seu portfólio, que, no encerramento de 2018, contava com 94 ativos, localizados em 58 municípios brasileiros, e capacidade instalada para 2.133 MW. Para atender a esta carteira a empresa conta com uma plataforma robusta e altamente escalável.

Depois da venda de dois projetos no último leilão de energia nova, realizado em agosto de 2018, a CPFL Renováveis conta em seu portfólio com uma PCH e um complexo eólico em implantação que adicionarão 97,3 MW de capacidade nos próximos anos.

(Redação – Investimentos e Notícias)