Lisboa, um destino top e acessível

  •  
Lisboa, um destino top e acessível (Foto: Divulgação) Lisboa, um destino top e acessível

Lisboa é, a cada temporada, um dos lugares mais visitados da Europa. A capital dos portugueses vem sendo considerada a “cidade da moda” entre os principais destinos europeus. Já bem conhecida por conservar suas tradições históricas, Lisboa vem ganhando um ar inovador e criativo que a torna mais moderna e cosmopolita a cada dia, mesclando o requinte e a qualidade do padrão turístico oferecido aos viajantes, com preços muito convidativos praticados pelos estabelecimentos das redes de hotelaria, gastronomia e serviços de transporte e lazer.

O turista que quiser conseguir bons descontos em sua estadia na cidade tem a opção de adquirir os cartões Lisboa Card e Lisboa Eat & Shop, criados pela Associação Turismo de Lisboa (ATL). O Lisboa Card, a melhor opção para visitar Lisboa, é um passe que dá gratuidade ou desconto nos principais museus, monumentos e atrações turísticas da cidade e da região, além de conceder acesso gratuito nos transportes públicos (ônibus, elevadores, bondes, metrô e comboios com ligação a Sintra e Cascais). Com este cartão, o turista pode visitar gratuitamente as principais atrações e patrimônios mundiais em Belém - como a Torre de Belém, o Mosteiro dos Jerônimos, o Museu Nacional dos Coches ou o Centro Cultural de Belém -, além de visitar gratuitamente outros dos museus e monumentos importantes da cidade e região.

O Lisboa Card permite também obter descontos em várias atrações imperdíveis como o Oceanário de Lisboa (15% de desconto), o Lisboa Story Centre (20% desconto) ou o Padrão dos Descobrimentos (30% desconto), entre muitas outras, além de desconto em outros locais e serviços de interesse turístico e cultural e em algumas lojas de artigos genuinamente portugueses. 

O Lisboa Eat & Shop permite ao portador usufruir de 72 horas com descontos não inferiores a 10% em mais de uma centena de estabelecimentos associados à ATL, incluindo lojas de artesanato, antiguidades, artigos de viagem, moda, calçados, desporto e design, bem como casas de Fado, onde o visitante pode saborear a rica gastronomia tradicional portuguesa e presenciar ao vivo a canção que é Patrimônio da Humanidade. O cartão pode ser adquirido online ou nos postos de informação turística por € 6 (ou por € 3 quando comprado com o Lisboa Card). 

No quesito hospedagem, os Hostels são uma boa opção para quem quer fugir dos hotéis mais tradicionais e concorridos da cidade, sobretudo o público mais jovem, de espírito informal e descontraído. Os Hostels são locais confortáveis onde o viajante pode dormir, comer, cozinhar e conhecer novas pessoas, por um preço acessível, mas com parâmetros de qualidade muito elevados. Tal fato é comprovado por Lisboa possuir alguns dos melhores hostels do mundo.

A famosa gastronomia portuguesa também tem uma boa alternativa além dos destacados restaurantes da cidade, que apresentam valores mais elevados. As tradicionais “tascas”, extintas em outras capitais europeias, são muito bem conceituadas em Lisboa. A tradição taberneira destes estabelecimentos está enraizada no cotidiano dos lisboetas ao longo de várias décadas e, recentemente, um movimento vintage recuperou as receitas tradicionais da comida de tasca. Bons restaurantes e conceituados chefs estão dando um destaque contemporâneo aos pastéis de bacalhau, às favas com chouriço, aos petiscos e as demais comidas e bebidas servidas nas diversas tascas da cidade.

De acordo com o ranking “TripIndex Cities” (elaborado pelos sites TripAdvisor e Trivago), que analisa cerca de 40 cidades do mundo, Lisboa é uma das cidades mais acessíveis para uma viagem de três dias, durante os meses de verão. O relatório aponta que a capital portuguesa apresenta um preço de estadia média, por noite, de € 115,77.

(Redação – Agência IN)