Linx fecha 3T16 com crescimento de 10,4% na receita bruta

  •  
Linx fecha 3T16 com crescimento de 10,4% na receita bruta Foto: Divulgação

A Linx anunciou a aquisição da Intercamp, empresa de desenvolvimento e comercialização de softwares destinados à gestão e automação de postos de combustível e lojas de conveniência, com atuação nacional através de um sólido programa de canais e 100 colaboradores. Fundada em Campinas - SP, em 1992, a empresa está presente em todo território nacional, com o sistema de tecnologia Postofácil. Nos últimos 12 meses, seu faturamento bruto foi de R$ 16 milhões.

Pela aquisição, a Linx pagará R$ 28 milhões à vista e, adicionalmente, sujeito ao atingimento de determinadas metas financeiras e operacionais para os anos de 2017 a 2018, poderá pagar o valor de até R$ 14 milhões.

'O segmento de lojas de conveniência e postos de combustíveis segue em crescimento e tem ajudado a Linx a manter sua performance, mesmo num cenário desafiador', afirma Alberto Menache, diretor-presidente da Linx. 'A aquisição da Intercamp é um importante investimento e segue nossa estratégia de aquisições no setor de tecnologia, especificamente de empresas de software de gestão focadas no varejo'.

A estratégia da empresa de consolidar o mercado de software de gestão para varejo se iniciou em 2008, com 21 processos de aquisição bem-sucedidos, como a Chaordic e Neemu, que se somam a aquisição anunciada hoje.

A Linx encerrou o terceiro trimestre de 2016 com receita operacional bruta de R$141,1 milhões, um incremento de 10,4% em relação ao mesmo período do ano anterior. A receita operacional líquida foi de R$123,4 milhões no trimestre, representando crescimento de 8,7% em comparação aos R$113,5 milhões do 3T15. Comparado ao segundo trimestre deste ano e ao cenário econômico nacional, a empresa amplia sua receita e lucro de forma consistente e resiliente.

A receita operacional bruta é fruto da combinação da receita recorrente e de serviços. No 3T16, a receita recorrente atingiu R$119,7 milhões, com crescimento de 15,6% sobre o 3T15, e equivalente a 85% da receita bruta. O EBITDA da empresa foi de R$30,8 milhões, em linha com o valor obtido no 3T15, e a margem EBITDA no terceiro trimestre foi de 25%. O lucro líquido atingiu R$18,0 milhões no período, 2,9% acima do 3T15.

'É importante ressaltar que dinâmicas seculares seguem impulsionando o investimento em tecnologia por parte dos varejistas e sustentando o crescimento da Linx, mesmo num cenário de muitas dificuldades para a economia e o varejo', destaca Dennis Herszkowicz, vice-presidente financeiro e de RI da Linx. 'Um dos destaques de nossos resultados foi a taxa de renovação de clientes, que atingiu 98,7% no trimestre, em linha com o 2T16. Temos tradicionalmente altas taxas de renovação de clientes, que refletem a base ampla, diversifica e fiel da Companhia. Em um cenário de crise, é mais um fato a se comemorar'.

(Redação - Agência IN)