IPO do PagSeguro foi considerado o principal deal de 2018

  •  
IPO do PagSeguro foi considerado o principal deal de 2018 (Foto: Pexels) IPO do PagSeguro foi considerado o principal deal de 2018

O IPO (initial public offering, em português, oferta inicial de ações) do PagSeguro - empresa do grupo UOL que oferece soluções completas para pagamentos online e presencial - foi apontado como deal do ano de 2018 por duas publicações: a Revista Latin Finance, que faz anualmente uma revisão abrangente das atividades do mercado financeiro latino americano, e a IFR, organizadora do prêmio mais valorizado pelo mercado de capitais, que reconhece as transações mais significativas em todas as classes de ativos.

A listagem do PagSeguro, com oferta de US $ 2,61 bilhões, ocorreu em janeiro de 2018 na NYSE (New York Stock Exchange). Foi o segundo maior IPO global no primeiro trimestre de 2018 e o quarto maior IPO de tecnologia da história.

Criado em 2006, o PagSeguro surgiu com a missão de disponibilizar produtos disruptivos para democratizar os serviços financeiros no Brasil – um mercado concentrado, pouco explorado e com altas taxas e juros –, oferecendo aos vendedores e consumidores um completo ecossistema digital que é simples, mobile-first, seguro e acessível. 

Com toda a credibilidade conquistada pelo UOL, o PagSeguro já nasceu com o DNA focado em tecnologia e segurança na internet. Oferece solução completa para pagamentos na internet e pagamentos presenciais, permitindo que qualquer pessoa ou empresa efetue transações financeiras. O PagSeguro tem a maior variedade de meios de pagamento: cartões de crédito, débito e refeição, transferências bancárias, boleto e saldo em conta, entre outros. Foi pioneiro ao oferecer a aquisição da maquininha de cartão em 2013, ao invés de cobrar aluguel. Com isto, conseguiu atrair milhões de vendedores (muitos desbancarizados) antes não atendidos pelas credenciadoras tradicionais. 

Líder no mercado brasileiro de meios de pagamentos online, o PagSeguro consolidou-se como a maior plataforma de pagamento online do Brasil, conseguindo crescer e se destacar em um mercado dominado anteriormente por gigantes. Atualmente, possui 3,8 milhões de vendedores ativos.

(Redação – Investimentos e Notícias)