GLP tem novo presidente no Brasil

  •  

A Global Logistic Properties (GLP) acaba de nomear Mauro Dias como presidente da operação no Brasil. O executivo terá como desafio garantir o crescimento sustentável da GLP no país, além de manter a empresa na liderança no setor em que atua.

Mauro Dias se juntará à equipe que conta com mais quatro diretores: Clarisse Etcheverry, diretora de Desenvolvimento e Novos Negócios; Cleber Saccoman, diretor de Engenharia; Jonathan O’Day, diretor de Asset & Fund Management; e Americo Genzini Filho, diretor Financeiro. O executivo responderá diretamente para o Jeffrey H Schwartz, co-fundador e chairman do comitê executivo da GLP, e para o Ming Mei, CEO mundial da GLP.

Dias traz na bagagem 30 anos de experiência com foco principalmente nos mercados de logística e transportes. Estudou Engenharia Mecânica e Economia na Universidade Federal do Espírito Santo, e possui MBA pela Anderson School em UCLA (Los Angeles, Estados Unidos), além de ter concluído o programa de desenvolvimento executivo pela Kellogg School of Management.

“Mauro Dias é um líder de negócios talentoso e respeitado no Brasil, com ampla experiência em vários setores de logística. Suas ideias de investimentos e profundo conhecimento do setor traz sinergia e criará valor para a GLP, dando continuidade a construção da nossa posição de liderança de mercado”, diz Jeffrey H Schwartz.

O executivo atuou nos últimos três anos no Grupo Synergy, que tem negócios nas áreas de Aviação, Petróleo, Estaleiros e Navegação. Antes disso, foi CEO e diretor de Relações com Investidores na Log-In Logística Intermodal, onde liderou a reestruturação da empresa e o IPO. Desenvolveu sua carreira na VALE, onde ocupou diversas posições de liderança, como diretor de Comercialização de Logística, presidente da DOCENAVE (Companhia de Navegação da VALE) e da Ferrovia Centro- Atlântica (FCA).

Mauro Dias foi ainda presidente da Associação Nacional dos Transportes Ferroviários (ANTF) e membro do Conselho de Administração da Sepetiba Tecon S/A, Ferrovias Bandeirantes (Ferroban) e Companhia Ferroviária do Nordeste (CFN). Ele atuou como diretor de Rio Doce Limited, nos Estados Unidos, e co-CEO da Rio Doce Pasha Terminal Inc, no porto de Los Angeles, Califórnia (EUA). Em 2006, ele recebeu a Medalha Barão de Mauá do governo brasileiro, por contribuições relevantes para o setor de transporte brasileiro.

(Redação – Agência IN)