Farmarcas atinge marca de 600 lojas e projeta loja 1000

  •  
Farmarcas atinge marca de 600 lojas e projeta loja 1000 Foto: Divulgação Farmarcas atinge marca de 600 lojas e projeta loja 1000

A administradora de redes de drogarias Farmarcas abriu sua loja 600, em Manaus, no último dia 28 de abril, foi uma loja da rede Ultra Popular. Essa conquista demonstra o sucesso do formato inovador, que se mostra como um impulsionador de crescimento, que vence diversas barreiras, principalmente de números de lojas e expansão territorial.

A perspectiva para os próximos meses é bastante positiva. “Colocamos grande expectativa na abertura desta farmácia, em virtude de estarmos trazendo para Manaus e para o Amazonas uma proposta diferente em termos de farmácia popular, com excelente qualidade e preços extremamente reduzidos para o consumidor final. Estarmos associados à Farmarcas é motivo de muito orgulho, pois são detentores dessa proposta inovadora para um mercado tão competitivo”, conta o sócio e gerente geral da nova loja, Janílson Santos.

Além disso, em curto prazo, se tem a expectativa de mais um número expressivo a ser atingido, uma vez que mais 100 farmácias já estão em processo de abertura, o que deve ser concretizado nos próximos meses.

“A procura de empresários que querem abrir ou ajustar suas farmácias com uma de nossas bandeiras é muito grande, contudo, apenas o interesse não é o bastante. Temos normas e processos altamente complexos a serem seguidos, por isso, os interessados devem passar por diversas avaliações prévias”, explica Ângelo Vieira, diretor operacional da Farmarcas.

Ainda segundo Ângelo, tais medidas são necessárias para que se tenha um crescimento sustentável, que não seja apenas ilusório. “Poderíamos já ter muito mais farmácias com nossas bandeiras, mas qual seria o significado real desse fato, se elas não mostrassem sustentabilidade em médio e longo prazo?”.

Atualmente, fazem parte da empresa oito redes: Drogarias Ultra Popular, Farmácia Super Popular, Farma100, Entrefarma, Drogarias Maxi Popular, Farmácias BigFort, AC Farma, Farmaestra e Megapharma. Porém, já existem outras interessadas em serem administradas por esse modelo de gestão.

Todas essas redes possuem em comum um negócio baseado em três pilares – comprar bem, administrar com eficiência e vender mais –, com destaque para a profunda preocupação com a gestão do negócio de forma completa, efetuando análises frequentes de toda a rede e também de cada farmácia associada.

Nossos profissionais estão qualificados para acompanhar e definir planos de ação que envolvem desde o auxílio na avaliação do ponto comercial até a análise de mais de 120 indicadores de desempenho das farmácias. Com base nessa avaliação, é possível determinar as estratégias necessárias para corrigir distorções e identificar oportunidades de melhoria.

Projeto ambicioso

Todo esse trabalho tem como objetivo atingir a meta de 1.000 lojas até o final de 2018. “Para alcançar nossos objetivos, estamos valorizando cada vez mais os proprietários das farmácias que já são associadas às nossas redes. Acreditamos no potencial empreendedor de nossos parceiros e muitos deles estão abrindo novas unidades devido aos ótimos resultados obtidos pelas que já possuem”, conta o diretor geral da Farmarcas, Paulo Roberto Costa.

(Redação - Agência IN)