Exportações de biscoitos atingem US$ 34,3 milhões no 1º trimestre

  •  
Exportações de biscoitos atingem US$ 34,3 milhões no 1º trimestre (Foto: Divulgação) Exportações de biscoitos atingem US$ 34,3 milhões no 1º trimestre

Nesta segunda-feira, 30, a Associação Nacional das Indústrias de Biscoitos (ANIB) divulgou o resultado das exportações do 1º trimestre de 2014, quando atingiu US$ 34,3 milhões, a maior marca desde 2009, considerando o mesmo período. Os dados de exportação do setor de biscoitos entre 2010 e 2013, de acordo com o Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e a plataforma Aliceweb, apontam crescimento anual médio de 9% e acumulado de 54% no período.

Entre as categorias de destaque nas exportações brasileiras neste primeiro trimestre, biscoitos e bolachas mantém presença de 37% (US$ 12,56 milhões), seguido de waffers e waffles, com 25% (US$ 8,52 milhões).

Destaca-se que, em 2013, a exportação do setor somou US$ 155,81 milhões, um acréscimo de 11,83% em relação a 2012. Em 2013, o volume exportado totalizou 77,3 mil toneladas. O grande destaque são os biscoitos e bolachas, somando 24,85 mil toneladas e atingindo o maior volume do produto.

Em relação aos destinos de exportações no 1º trimestre de 2014, América do Sul ficou com 48% (US$ 16,65 milhões), seguido de África com 27% (US$ 9,32 milhões) e América do Norte com 16% (US$ 5,21 milhões).

Os dados refletem o trabalho da ANIB em conjunto com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos). Uma das ações foi o desenvolvimento de uma marca própria para valorizar os biscoitos brasileiros no exterior. A marca Happy Goods, que estabelece uma conexão emocional e valoriza atributos dos produtos brasileiros, tem contribuído na abertura de novos mercados e incentiva a participação das empresas em eventos internacionais, preparando-as para aumentar a presença das exportações do setor.

(Redação – Agência IN)