Epson conta com equipamento portátil para reciclagem de papel

  •  
Epson conta com equipamento portátil para reciclagem de papel Foto: Divulgação

Chegou uma novidade muito interessante no setor de reciclagem de papel. A Epson acaba de anunciar a Epson PaperLab, uma solução que pode estar disponível no próprio escritório, eliminando processos de logística e vários custos na contratação de serviços externos.

A Epson PaperLab é capaz de produzir folhas de papel novo apenas alguns minutos após a alimentarmos com papel velho (produção de cerca de 14 folhas por minuto). De acordo com a Epson, o processo de reciclagem é bastante completo, decompondo por completo o papel, antes de voltar a montar novas folhas de papel.

O equipamento tem grandes vantagens:

– Segurança: destruição dos documentos dispensando uma fragmentadora de papel.

– Economia: A eliminação dos custos de logística de coleta por aparistas deve tornar o equipamento viável mesmo que custe caro (no Brasil, certamente custará).

– Menos trânsito: Eliminando a logística dos papéis de escritório, teremos menos caminhões nas ruas.

– Menos poluição: Com menos caminhões nas ruas, podemos prever a diminuição do consumo de óleo Diesel, freios, pneus, etc.

– Menor gasto de insumos e energia elétrica: Por ser um equipamento portátil, feito para “morar” em escritórios, o gasto de energia elétrica deve ser pequeno, assim como o uso de água e químicos.

– Incentivo à reciclagem: Muitos papéis de escritório que são inutilizados quando misturados aos restos de cafezinho, frutas e outros rejeitos do lixinho da repartição, poderão ter destino correto com o controle que um equipamento desses exigirá.

– Consciência ambiental: Essas inovações tecnológicas trazem a reciclagem para perto das pessoas comuns. Vendo um processo completo de reciclagem, a tendência é que se crie consciência e possivelmente criem-se hábitos corretos de descarte com outros resíduos no escritório e nos próprios lares dos colaboradores.

Como funciona?

A Epson PaperLab não necessita estar atrelada a um sistema de canalização, funcionando com um depósito próprio de água. Entrega papel branco, em diversas gramaturas, formatos e até com perfume…
Veja abaixo um vídeo do processo de reciclagem.

Para quem é do ramo da reciclagem de papel, a máquina parece até meio milagrosa e, pelo visto, a Epson parece querer guardar os detalhes em segredo, já que os passos necessários ao funcionamento da Epson PaperLab não foram devidamente revelados.

Como ficam os aparistas e recicladores de papel?

Se o dispositivo for um sucesso, é possível que ocorra uma diminuição da quantidade do tipo de papel mais valioso para os responsáveis pela compra de aparas de papel e a própria indústria de reciclagem (veja os tipos de papel para reciclagem clicando aqui). Por outro lado, o índice de reciclagem aumenta, ou seja, muitos dos papéis a serem reciclados pela Epson PaperLab acabam em aterros. Outra vantagem seria que a máquina incentivaria a correta separação por tipo de papel, o que facilita todo o processo de reciclagem.

Por fim, está se abrindo um mercado que os aparistas e recicladores de papel tem toda a chance de operar, comprando e alugando essas máquinas para grandes escritórios, edifícios comerciais e até condomínios residenciais.

O bom empresário não teme as novidades, ao contrário… Se informa e investe na melhor tecnolgia viável para seu negócio.

Aguarde novidades em nosso site. A informação mais atualizada é que a Epson PaperLab será comercializada no Japão a partir de 2016, sem previsão ainda para outros mercados.

Fonte: RICARDO RICCHINI - www.setorreciclagem.com.br

(Redação - Agência IN)