Empresas com balancos contábeis mais transparentes recebem prêmio

  •  
Empresas com balancos contábeis mais transparentes recebem prêmio Foto: Divulgação Empresas com balancos contábeis mais transparentes recebem prêmio

Reconhecer publicamente e homenagear as empresas que demonstram mais clareza na divulgação dos seus balanços contábeis faz parte do objetivo do Troféu Transparência, iniciativa da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (ANEFAC) em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (FIPECAFI) e Serasa Experian, cuja cerimônia de premiação acontecerá no dia 24 de setembro, no Contemporâneo 8076, em São Paulo.

Em sua 19ª edição, a iniciativa reforça a importância e os benefícios que a publicação de informações financeiras relevantes para o mercado, quando realizadas de forma clara e objetiva, traz para investidores, colaboradores e, consequentemente, à sociedade.

“O Prêmio Transparência tornou-se, ao longo dos anos, uma importante referência do mercado contábil nacional ao reconhecer e estimular o emprego da clareza e da objetividade na divulgação de demonstrações financeiras. Essas ações fazem parte dos valores praticados e propagados pela ANEFAC”, declara o presidente da entidade, Antonio Carlos Machado.

As publicações de balanços contábeis objetivos e detalhados também se mostram saudáveis para o relacionamento entre gestores e colaboradores, pois ilustra como os recursos são gerenciados. Por meio das leituras dos balanços é possível, ainda, acompanhar se os termos componentes da governança corporativa, estabelecida por cada organização, são respeitados.

“A assertividade na materialização de dados pode mudar a opinião dos tomadores de decisão, pois minimiza riscos ao divulgar ações que se diferenciam das adotadas por organizações concorrentes”, observa Machado.

De acordo com o presidente da FIPECAFI, Prof. Wellington Rocha, a iniciativa estimula as empresas a colocar à disposição do mercado, bem como da sociedade, informações claras e detalhadas sobre seus balanços contábeis contribuindo, assim, para a assertividade nas decisões por parte de analistas de crédito, de investimento e outros públicos estratégicos. “O objetivo maior da transparência é fazer com que o usuário da informação receba o máximo de esclarecimentos sobre a empresa para que possa tomar a decisão mais adequada, observadas as grandes funções de Finanças, como financiamento, investimento e distribuição de resultados”, declara o presidente.

O presidente da Serasa Experian, José Luiz Rossi, chama a atenção para um outro ponto de igual relevância, a participação efetiva da sociedade: “A população brasileira também está cada vez mais atenta às ações de pessoas e empresas, principalmente de conotação e abrangência públicas. A geração de uma sociedade, que busca o desenvolvimento, passa pelo reconhecimento da importância da transparência, fundamental na identificação de pontos fortes e possíveis áreas de aprimoramento, contribuindo para o fortalecimento das práticas de gestão”, reforça.

Para a escolha das empresas finalistas, divididas em três categorias: capital aberto com receita líquida acima de R$ 5 bilhões, capital aberto com receita líquida até R$ 5 bilhões e capital fechado foram analisados cerca de 2 mil balanços de organizações atuantes em território nacional.

Submetidos à análise e triagem inicial da comissão técnica formada por alunos do curso de Mestrado e Doutorado em Controladoria e Contabilidade da FEA/USP, orientados por professores da Universidade de São Paulo (USP) e, posteriormente, ao crivo do Comitê de Notórios da Comissão Julgadora do Prêmio ANEFAC – FIPECAFI – SERASA EXPERIAN Troféu Transparência, os demonstrativos financeiros devem conter as seguintes informações: balanço patrimonial; demonstrações dos resultados do exercício; demonstrações das mutações de patrimônio líquido; demonstrações das origens e aplicação de recursos; notas explicativas; demonstrações comparativas; relatórios de administração; parecer dos auditores independentes.

Vencedoras do Troféu Transparência 2015

Categoria Empresas de Capital Aberto

Receita Líquida acima de R$ 5 bilhões

AES Eletropaulo
Ambev
CEMIG
CSN
GERDAU
Sabesp
USIMINAS
Vale

Receita Líquida até R$ 5 bilhões

BM&FBOVESPA
COPASA
EDP Bandeirante
Grendene
MAHLE
RIACHUELO - Guararapes Confecções
Taesa
Tractebel Energia

Categoria Empresas de Capital Fechado

Eletrobras Eletrosul
Eletrobras Furnas
Embasa

(Redação - Agência IN)