Em três anos, Brasil perde 143.647 GWh da produção de Itaipu

Em três anos, Brasil perde 143.647 GWh da produção de Itaipu Foto: Divulgação

Em três anos, Brasil desperdiçou o equivalente a 1,4 vezes toda a produção de Itaipu de 2016 em energia, afirma ABESCO
Segundo análise da Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Conservação de Energia (ABESCO), nos últimos três anos o Brasil desperdiçou 143.647 GWh, ou seja, um volume 1,4 vezes maior que toda a produção de energia elétrica de Itaipu em 2016 e um potencial de economia de R$ 61,71 bilhões.


De acordo com a ABESCO, o desperdício só não foi maior porque o País entrou em recessão e a produção industrial caiu drasticamente entre 2015 e 2016. ”O potencial nominal de economia de energia diminuiu de 48.582,17GW em 2014 para 47.455,74GW em 2016, uma redução de 2,37% no período. Considerando que nos últimos dois anos o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil caiu 7,4% (3,8% em 2015 e 3,6% em 2016) podemos dizer que se o país não tivesse tido recessão (mesmo sem crescimento) o potencial de economia seria aproximadamente maior em 5%”, explica o presidente da Associação, Alexandre Moana.

Para o especialista, os resultados apenas confirmam a importância de um amplo envolvimento do governo para que haja um crescimento sustentável de eficiência energética em todas as esferas consumidoras e do setor elétrico como um todo. “Somente o potencial de economia de energia de 2016 (47.455GW) daria para abastecer durante um ano inteiro cidades como Águas de Lindóia e Piracaia ou seis meses de consumo de cidades como Presidente Prudente, Mogi Mirim, Marília, Carapicuíba, Botucatu OU Bragança Paulista”, finaliza.

(Redação - Agência IN)