Em recuperação judicial, Oi anuncia aumento de capital

  •  
Em recuperação judicial, Oi anuncia aumento de capital Foto: Divulgação

A Oi S.A. - Em Recuperação Judicial - anunciou que, em cumprimento ao que prevê o Plano de Recuperação Judicial e nos termos do aumento de capital aprovado pelo Conselho de Administração em 26 de outubro de 2018, foram subscritas e integralizadas, no dia 25 de janeiro de 2019, 1.604.268.162 novas ações ordinárias, correspondentes ao saldo de novas ações ordinárias não subscritas pelos acionistas durante o período de exercício do direito de preferência e o período de subscrição de sobras no Aumento de Capital - Novos Recursos.

Com a subscrição e integralização do Saldo de Ações, a companhia concluiu o Aumento de Capital - Novos Recursos, previsto na Cláusula 6 do Plano de Recuperação Judicial, mediante a subscrição e integralização da totalidade das 3.225.806.451 novas ações ordinárias emitidas no Aumento de Capital - Novos Recursos, representando um aporte de novos recursos para a empresa no valor total de R$4,0 bilhões.

Também no dia 25 de janeiro de 2019, em estrito cumprimento ao Plano de Recuperação Judicial e ao Subscription and Commitment Agreement, celebrado entre a Companhia e certos investidores e administradoras de fundos de investimentos ('Investidores Backstoppers') em 19 de dezembro de 2017, foram subscritas e integralizadas mais 272.148.705 ações ordinárias emitidas pela companhia, nominativas e sem valor nominal, ao preço de emissão de R$1,24 por ação, sob a forma de American Depositary Shares, que foram entregues aos Investidores Backstoppers que optaram por receber em ações seu prêmio de compromisso, na forma prevista na Cláusula 6.1.1.3 do Plano de Recuperação Judicial e no Contrato de Compromisso.

Como resultado da subscrição e integralização das Ações do Aumento de Capital - Novos Recursos e das Ações do Compromisso, o capital social da companhia passou a ser de R$ 32.538.937.370,00, representado por 5.954.205.001 ações, sendo 5.796.477.760 ações ordinárias e 157.727.241 ações preferenciais, todas nominativas e sem valor nominal.

(Redação - Investimentos e Notícias)