CVC embarca 13% mais turistas para o Nordeste no 1º semestre

  •  
Crescimento de dois dígitos é resultado de um conjunto de estratégias criadas em parceria com as principais companhias aéreas, hotéis e empresas de receptivo da região Foto: Divulgação Crescimento de dois dígitos é resultado de um conjunto de estratégias criadas em parceria com as principais companhias aéreas, hotéis e empresas de receptivo da região

A preferência dos brasileiros pelos destinos de sol e praia no Nordeste se confirma mais uma vez, segundo dados consolidados da maior operadora de viagens das Américas.

Somente neste primeiro semestre de 2015, a CVC embarcou 13% mais de turistas para os 9 Estados do Nordeste, se comparado com o mesmo período de 2014.

Em termos de receita de vendas, os Estados do Nordeste que mais contribuíram com o faturamento da operadora foram, pela ordem: Bahia (estado líder em receita, com crescimento adicional de 3%, se comparado com o mesmo período de 2014), Alagoas (+9%), Pernambuco (+25%), Rio Grande do Norte (+8%) e Ceará (+2%).

De forma isolada, os destinos turísticos que receberam os maiores volumes de turistas e clientes da CVC, neste 1º semestre, foram: Recife (+38% de turistas que no mesmo período de 2014), Porto de Galinhas (+33%), Natal (+23%), Maceió (+17%) e Fortaleza (+11%).

Claiton Armelin, Diretor Geral de Produtos Nacionais da CVC, destaca que, apesar do momento mais desafiador da economia, os números mostram que o brasileiro não deixou de viajar e que a região turística preferida continua sendo o Nordeste, devido às praias e calor o ano inteiro.

"O bom desempenho da região Nordeste em nossas vendas está atrelado ao forte apoio dado pelos empresários da Hotelaria às campanhas promocionais da operadora, bem como devido a uma ampla malha aérea com voos partindo de várias cidades do Brasil rumo às principais cidades nordestinas. Os mais de 1.250 resorts, hotéis e pousadas parceiros da CVC na região criaram em parceria conosco grandes oportunidades de viagens, com descontos nas tarifas e atrativos adicionais que fizeram a diferença, como promoções de Criança Grátis na hospedagem em plena alta temporada de Julho", explica Armelin.

O executivo também destaca a importância de os Estados investirem continuamente em atrativos turísticos, ações cooperadas de marketing e novas rotas para continuarem em alta.

(Redação - Agência IN)