Construção Pesada paulista fecha 6.870 postos de trabalho

  •  
Construção Pesada paulista fecha 6.870 postos de trabalho Foto: Divulgação Construção Pesada paulista fecha 6.870 postos de trabalho

O nível de emprego na Construção Pesada no Estado de São Paulo registrou uma queda de 837 ocupações no mês de maio. É o segundo pior resultado do ano, atrás apenas do mês de abril, quando foram registrados 1.282 desligamentos. O levantamento é feito pelo Departamento Técnico do SINICESP - Sindicato da Indústria da Construção Pesada de São Paulo.

Com estes dados, o setor da construção pesada paulista mantém comportamento negativo do índice, após pequena elevação verificada no primeiro trimestre do ano. A tendência de queda de abril chegou a menos 0,81%. Os segmentos de Construção de Rodovias e Obras de Urbanização foram os que mais dispensaram registrando a saída de 361 e 413 trabalhadores, respectivamente.

Desde o começo do ano, há um saldo acumulado negativo de 569 postos de trabalho, entretanto, na comparação dos últimos 12 meses, há a perda de 6.870 postos de trabalho do setor em todo o Estado de São Paulo.

(Redação - Agência IN)