Confiança do Comércio registra queda em abril

  •  
Confiança do Comércio registra queda em abril Foto: Divulgação Confiança do Comércio registra queda em abril

O Índice de Confiança do Comércio (ICOM) recuou 0,5 ponto em abril de 2016, de acordo com informações divulgadas nesta quinta-feira, 28, pela Fundação Getulio Vargas (FGV), atingindo 66,6 pontos, o terceiro menor valor da série iniciada em março de 2010. Na métrica de médias móveis trimestrais, o índice voltou a recuar (0,5 ponto), depois de três altas consecutivas.

“A Sondagem do Comércio apresenta em abril resultados distintos de acordo com os dois horizontes de tempo da pesquisa: o presente e o futuro próximo. No presente, a situação é muito ruim e continua piorando. O setor avalia a demanda de forma desfavorável, há escassez de crédito e a confiança do consumidor encontra-se no mínimo histórico. Já as expectativas para os próximos meses captam alguma redução do pessimismo em relação à evolução dos negócios”, afirma Aloisio Campelo Jr., Superintendente Adjunto para Ciclos Econômicos da FGV/IBRE.

A queda do ICOM em abril foi inteiramente determinada pela piora da percepção dos empresários em relação ao momento atual, já que o indicador de expectativas subiu no mês. O Índice da Situação Atual (ISA-COM) recuou 2,5 pontos, para 59,8 pontos, o valor mínimo da série. Entre os componentes do ISA-COM, a queda mais acentuada ocorreu no quesito que mede o grau de satisfação com a situação atual dos negócios, que caiu 6,6 pontos em relação ao mês anterior, alcançando 60,1 pontos (menor da série).

O Índice de Expectativas (IE-COM) subiu 1,5 ponto em abril, atingindo 74,8 pontos. A alta foi influenciada pelo indicador que mede o grau de otimismo com a evolução da situação dos negócios no horizonte de seis meses, que avançou 2,9 pontos em relação a março, chegando a 76,4 pontos.

(Redação - Agência IN)