CCEE diminui pela metade tempo de consolidação dos dados de medição no SCDE

  •  
CCEE diminui pela metade tempo de consolidação dos dados de medição no SCDE Foto: Divulgação CCEE diminui pela metade tempo de consolidação dos dados de medição no SCDE

Uma série de melhorias realizadas na infraestrutura tecnológica da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE resultou em uma melhora significativa na consolidação diária dos dados de medição disponibilizados pelo Sistema de Coleta de Dados de Energia – SCDE. Tal processamento, que chegou ao pico de 13 horas, agora leva no máximo entre 6 e 7 horas para ser concluído. A redução média verificada foi de 47%.

“Com base nos monitoramentos realizados, observamos que em dias normais o processamento tem encerrado em torno de 12h30 e, em datas de fechamento, os dados são disponibilizados até as 15h30”, observa o gerente de executivo de Suporte e Infraestrutura, Edson Lugli. Antes das melhorias, as informações completas das medições coletadas no dia anterior ficavam disponíveis no período da noite, chegando a atingir horários entre 21h e 23h.

Os usuários do SCDE notaram essa melhora na performance do sistema. “Agora eu tenho as informações antes das 14h30. Para nós, é muito importante essa otimização, porque conseguimos disponibilizar as medições para nossos clientes mais cedo”, comenta Clara Broteu, analista de comercialização da CMU.

“Percebi que houve uma grande melhoria na atualização dos dados. Sempre deixava para buscar os resultados no dia seguinte, porque demorava muito. Agora está bem rápido e todas as horas vem completas”, observa Murilo Bueno, analista de gestão de consumidores da ECOM.

O analista de backoffice da Delta Energia, Plínio Lineu Borges, conseguiu otimizar suas rotinas de fechamento a partir dessas melhorias. “No primeiro dia útil do mês eu já tenho todos os dados de medição e consigo ter a posição de todos nossos clientes, disponibilizando mais rápido as informações finais”.

Tecnologias estruturais ampliarão e sustentarão os ganhos de performance
Um projeto em andamento, com conclusão prevista para dezembro de 2017, entregará uma nova arquitetura para o tratamento e a consolidação dos dados de medição. A iniciativa substituirá o padrão atual de processamento de informações por lote (batch) por tecnologias mais modernas, como gerenciamento big data e streaming de dados.

“Após a implantação desta solução arquitetural, a meta é adiantar ainda mais os resultados, disponibilizando os dados consolidados de medição até as 11h”, comenta o gerente executivo de Arquitetura de Sistemas, Dario Almeida.

“A mudança tem caráter estrutural, sendo altamente escalável e projetada para suportar o processamento simultâneo de grandes volumes de dados, bem como o crescimento do número de agentes ao longo dos próximos anos”, completa.

(Redação - Agência IN)