Adesões ao mercado livre caem 57% no 1Q2018

  •  
Adesões ao mercado livre caem 57% no 1Q2018 Foto: Divulgação Adesões ao mercado livre caem 57% no 1Q2018

O mercado livre de energia elétrica continua sendo procurado pelas empresas que buscam tarifas mais baratas. No primeiro quadrimestre de 2018, a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE registrou 276 adesões de consumidores para o Ambiente de Contratação Livre – ACL. Apesar da movimentação, o fluxo de migração reduziu 57% em relação ao mesmo período de 2017, quando foram registradas 647 adesões.

Mesmo com a queda de migrações nos primeiros quatro meses deste ano, quando comparada ao ritmo de 2015, as adesões mantiveram número expressivo. Há dois anos, a média de empresas aprovadas pelo Conselho de Administração no quadro associativo da CCEE como consumidores livres e especiais era de apenas 8 por mês.

Empresas com demanda entre 0,5MW e 3MW, os consumidores especiais foram responsáveis por 96% de toda a migração de janeiro a abril de 2018, totalizando 265 adesões. Atualmente, a CCEE tem 4.529 consumidores especiais, que representam 64,1% dos associados da instituição (7.062). Já os consumidores livres, que têm demanda superior a 3MW, promoveram 11 migrações para o ACL, alcançando assim a marca de 867 agentes na CCEE – 12,3% de representatividade.

Em abril, a Câmara de Comercialização tem registrado 286 pedidos de adesão de consumidores em aberto, sendo 261 de empresas com demanda pequena (especiais) e 25 de consumidores livres.

(Redação - Investimentos e Notícias)