Índice FipeZap aponta novo recuo nos preços de imóveis comerciais

  •  
Índice FipeZap aponta novo recuo nos preços de imóveis comerciais Foto: Divulgação Índice FipeZap aponta novo recuo nos preços de imóveis comerciais

O Índice FipeZap Comercial – que acompanha o preço médio de conjuntos e salas comerciais de até 200 m² em 4 municípios – registrou em agosto queda tanto no preço médio de venda (-0,51%) quanto no preço médio de locação de imóveis comerciais (-0,46%). A inflação medida pelo IPCA (IBGE) foi de -0,09% no mês.

No último mês: entre as cidades monitoradas, o preço médio de venda de imóveis comerciais apresentou queda em todas as cidades monitoras: Porto Alegre (-0,65%), São Paulo (-0,63%), Belo Horizonte (-0.34%) e Rio de Janeiro (-0,26%). Já o preço médio de locação comercial recuou em São Paulo (-0,63%) e Rio de Janeiro (-0,49%), permanecendo próximo da estabilidade em Porto Alegre (-0,08%) e Belo Horizonte (+0,07%).

Balanço parcial de 2018: até agosto deste ano, tanto o preço médio de venda quanto o preço médio de locação de imóveis comerciais registraram queda, com variações de -0,94% e -2,00%, respectivamente. Comparativamente, a inflação medida pelo IPCA (IBGE) para o período é de 2,85%. Como na análise mensal, ressalta-se que nenhuma das cidades monitoradas apresentou alta nominal no preço médio de venda de imóveis comerciais no balanço parcial de 2018. Por outro lado, no tocante à locação de imóveis comerciais, Porto Alegre foi a única cidade monitorada a registrar alta no preço médio (+1,45%).

Análise dos últimos 12 meses: nesse horizonte mais amplo, o Índice FipeZap Comercial registra queda nominal de 2,61% e 2,73%, respectivamente, nos preços médios de venda e locação de conjuntos e salas comerciais. Comparativamente, a inflação acumulada no período foi 4,19%, de acordo com IPCA (IBGE).

Novamente, Porto Alegre é a única das cidades monitoradas a registrar alta no preço do segmento (especificamente, no caso de locação comercial).

Retorno do investimento e benchmark: o investimento em imóveis comerciais tem oferecido um retorno médio inferior ao CDI* desde 2014 – diferencial que se acentuou a partir de 2015. Nos últimos 12 meses, o CDI apresentou uma rentabilidade média de 6,8%, enquanto os imóveis comerciais apresentaram um retorno médio de 1,8% - percentual que inclui a renda média do aluguel e a valorização dos ativos.

Preço médio de venda e locação comercial: em agosto de 2018, o valor médio do m2 nos 4 municípios monitorados pelo Índice FipeZap foi de R$ 9.539/m2 , no caso de imóveis comerciais à venda, e de R$ 39,54/m2, no caso de imóveis para locação. Rio de Janeiro se manteve como a cidade com o preço médio do segmento mais elevado (R$ 10.333/m2), enquanto São Paulo se destacou com o maior preço médio de locação entre imóveis comerciais (R$ 42,69/m2). Além disso, a capital paulista também ofereceu a maior taxa de rentabilidade do aluguel comercial entre as cidades monitoradas, com retorno anualizado de 5,4%.

(Redação - Investimentos e Notícias)