Melhores investimentos de 2018 podem guiar investidores ao longo deste ano

  •  
Destaque Melhores investimentos de 2018 podem guiar investidores ao longo deste ano Foto: divulgação Melhores investimentos de 2018 podem guiar investidores ao longo deste ano

O ano de 2018 foi marcado por algumas situações atípicas que movimentaram o mercado de investimentos. De uma forma geral, pode-se dizer que o ano chegou ao fim com um saldo positivo, pois apresentou boas oportunidades para investidores que conseguiram aproveitar o movimento do mercado.

Vale lembrar que 2018 começou com muitos questionamentos sobre o andamento da economia brasileira. As reformas que haviam sido propostas pelo antigo presidente Michel Temer, não obtiveram sucesso, resultando em uma recuperação econômica abaixo do que era prevista pelos especialistas financeiros.

Mesmo assim, a economia conseguiu caminhar e o mercado de investimentos, sobretudo a Bolsa de Valores, se mostrou como ótima oportunidade para quem desejou conquistar bons rendimentos e encontrar os melhores investimentos de 2018.

Prova disso, são os números divulgados pela B3, a Bolsa de Valores do Brasil, que apresentaram o novo recorde de investidores individuais na casa. Até agosto de 2018, 730 mil pessoas tinham contas ativas na Bolsa, quantidade que não era alcançada desde 2010.

Ainda segundo os dados divulgados pela Bolsa de Valores, o Ibovespa fechou o ano com um resultado de +14%, conduzido pela valorização de algumas empresas e pelo resultado das eleições presidenciais, que animaram investidores e o mercado financeiro de uma forma geral.

As eleições merecem um capítulo especial em qualquer retrospectiva sobre o ano de 2018. O Brasil passou por uma corrida eleitoral conturbada e que influenciou diretamente o mercado financeiro.

Indecisão sobre candidatos, ataques midiáticos e o atentado ao candidato do PSL marcaram os meses que antecederam as eleições. O resultado foi a alta volatilidade do mercado de investimentos nesse período, movimento que proporcionou boas oportunidades para os investidores que procuraram opções de curtíssimo e curto prazo.

A vitória de Jair Bolsonaro, candidato do PSL, animou o mercado financeiro. Logo no primeiro turno, as ações de empresas que estavam relacionadas ao discurso de Bolsonaro dispararam e se transformaram em boas opções.

As estatais figuraram no centro dessa discussão. Com uma proposta voltada para a privatização dessas empresas, Bolsonaro prometeu reduzir a máquina pública e privatizar as organizações que podem gerar prejuízos para o governo.

Com isso, muitas estatais tiveram seus papéis valorizados e chamaram atenção dos investidores, inclusive valorizando outras empresas que possuem relação com elas. É o caso da Cemig, estatal mineira de energia elétrica, que avançou 113% em 2018 e fechou o ano como uma das empresas mais valorizadas na Bolsa de Valores.

Para o ano de 2019, o movimento de valorização dessas empresas pode se repetir. O plano de governo de Jair Bolsonaro indicou que as privatizações das estatais devem realmente acontecer.

A primeira semana do ano mostrou a força que essas empresas podem exercer sobre o mercado financeiro, aumentando a possibilidade de se transformarem nos melhores investimentos de 2019. Ações de estatais, como a Eletrobrás e a Sabesp, tiveram altas significativas devido aos rumores sobre os processos de privatizações que devem ser anunciados pela equipe econômica do governo.

A expectativa é que a economia não sofra com os mesmos problemas que sofreu em 2018 e consiga crescer de acordo com o que é esperado. Em 2018, a greve dos caminhoneiros causou um prejuízo estimado de R$16 bilhões para a economia brasileira.

Neste cenário, aumenta a necessidade dos investidores voltarem a atenção para o que acontece no Brasil e os reflexos que podem ser sentidos na economia.

Para o mercado de investimentos, principalmente, é preciso ter atenção às decisões que o governo tomará daqui em diante, pois serão fundamentais para a valorização de ações e o aparecimento de boas oportunidades de investimento.