Wall Street fecha com direções indefinidas, Dow Jones sobe 0,09%

Nos Estados Unidos, os índices S&P 500 e Nasdaq fecharam o dia em baixa. Nesta segunda-feira, 22, os indicadores sofreram com a elevação dos yields dos Treasuries e perspectivas de aumento da inflação, que geraram preocupações em torno dos preços das ações de empresas de alto crescimento.

Wall Street fecha sem direção, Nasdaq recua 0,25%

Nos Estados Unidos, os índices S&P 500 e Nasdaq tiveram leve queda em relação a máximas recordes no pregão desta quarta-feira, 10. Os segmentos de energia e finanças seguiram em alta, enquanto algumas grandes empresas de tecnologia registraram baixas em seus papéis.

 

EUA têm dia de otimismo e Wall Street fecha no azul, DJ sobe 0,30%

Nos mercados acionários dos Estados Unidos, os indicadores subiram nesta sexta-feira, 5. Os índices S&P e Nasdaq foram embalados pelo otimismo com balanços trimestrais e acertos referentes ao estímulo fiscal propostos pelo governo americano, além do progresso na distribuição de vacinas contra o coronavírus.

 

Wall Street fecha último pregão do ano em alta

Os principais índices acionários dos Estados Unidos fecharam o último pregão do ano com ganhos, com expectativas de recuperação.

O índice Dow Jones avançou 0,24%, aos 30.409,56 pontos e acumulou ganhos de 2,60% em dezembro e 6,84% no ano. O S&P 500 subiu 0,0,13%, aos 3.732,04 pontos, valorizando 3,05% no mês e 15,86% em 2020. E na bolsa eletrônica, o Nasdaq ampliou 0,15%, aos 12.870,00 pontos e fechou o mês acumulando alta de 5,50% e no ano alta de 43,86%.

(Redação - Investimentos e Notícias)

Wall Street fecha sem direção, Dow Jones tem queda de 0,67%

Nos Estados Unidos, o índice S&P 500 perdeu espaço nesta terça-feira, 22, ao fim de uma sessão volátil e com preocupações com uma nova variante do coronavírus. Os dados econômicos decepcionantes também ofuscaram a aprovação em Washington do projeto de lei de alívio à pandemia.

Wall Street tem dia de queda, Nasdaq perde 1,94%

Nos Estados Unidos, os principais indicadores de Nova York fecharam em queda nesta quarta-feira, 9. O impasse nas negociações por uma nova rodada de estímulos fiscais no país tem deixado os investidores sem rumo. Além disso, as perdas também foram lideradas pelas grandes empresas do setor de tecnologia, depois que um grupo de 48 procuradores-gerais protocolaram ação judicial antitruste contra o Facebook.

 

Assinar este feed RSS