Bolsa de Nova York cai com corte de juros, Dow Jones recua 2,94%

Os principais índices acionários dos Estados Unidos fecharam o dia em queda. Em uma terça-feira marcada pela volatilidade, a sessão da bolsa de Nova York foi tomada pelo anúncio do Federal Reserve, que surpreendeu os investidores ao cortar em 0,50 ponto percentual os juros do País. A medida alarmou ainda mais a amplitude do impacto do coronavírus na economia.

Com isso, o Dow Jones caiu 2,94%, chegando a 25.917,41 pontos. O S&P 500 registrou baixa de 2,81%, para 3.003,37 pontos. E o Nasdaq recuou 2,99%, terminando o dia aos 8.684,09 pontos.

(Redação - Investimentos e Notícias)

Bolsa de Nova York fecha com Dow Jones e S&P no vermelho

Nos Estados Unidos, os índices acionários da bolsa de Nova York reagiram negativamente nesta sexta-feira, 28. O índice S&P 500 terminou a sessão recuando pelo sétimo pregão seguido, o que levou o indicador a sofrer sua maior queda semanal desde a crise financeira de 2008.

 

Bolsa de Nova York tem máximas, Nasdaq sobe 0,90%

Nos Estados Unidos, as bolsas de valores de Wall Street fecharam em máximas recordes nesta quarta-feira, 12. Com a notícia de que o surto de coronavírus pode talvez ser controlado, os investidores voltaram a se animar dentro do mercado financeiro.

 

Nova York fecha com ações em alta, Dow Jones sobe 0,44%

Os índices acionários dos Estados Unidos tiveram um dia bastante negativo, mas se recuperaram no fim da sessão, encerrando com os papéis em alta. Nesta quinta-feira, 30, a divulgação da Organização Mundial da Saúde (OMS) de que o coronavírus na China já é considerado uma emergência global tomou conta das negociações na bolsa americana, enquanto os balanços corporativos registraram efeitos mistos.

 

Assinar este feed RSS