Wall Street fecha último pregão do ano em alta

Os principais índices acionários dos Estados Unidos fecharam o último pregão do ano com ganhos, com expectativas de recuperação.

O índice Dow Jones avançou 0,24%, aos 30.409,56 pontos e acumulou ganhos de 2,60% em dezembro e 6,84% no ano. O S&P 500 subiu 0,0,13%, aos 3.732,04 pontos, valorizando 3,05% no mês e 15,86% em 2020. E na bolsa eletrônica, o Nasdaq ampliou 0,15%, aos 12.870,00 pontos e fechou o mês acumulando alta de 5,50% e no ano alta de 43,86%.

(Redação - Investimentos e Notícias)

Bolsa de Nova York tem dia misto, Nasdaq cede 0,10%

Nos Estados Unidos, os indicadores de Wall Street fecharam a sessão sem direção definida nesta segunda-feira, 21. O motivo foi uma possível nova mutação do coronavírus que já causa preocupações na Europa e na América do Norte.

 

Bolsa de Nova York sobe e Nasdaq avança 0,84%

Os três principais índices de Wall Street terminaram em máximas recordes a quinta-feira, 17. Os investidores permaneceram otimistas em relação a um projeto de lei que prevê estímulos para a economia americana, aliviando os estragos causados pelo coronavírus.

Bolsa de Nova York fecha mista e Nasdaq atinge novo recorde

As bolsas de Nova York encerraram o dia sem direção nesta quinta-feira (10). O impasse em torno de um novo pacote fiscal nos Estados Unidos ainda gera insegurança para os investidores. Porém, a esperança por uma vacina contra a covid-19 deu fôlego ao índice Nasdaq, que terminou o dia em novo recorde. A sessão também foi marcada pela estreia da AirBnb no mercado acionário americano.

 

Wall Street tem dia de queda, Nasdaq perde 1,94%

Nos Estados Unidos, os principais indicadores de Nova York fecharam em queda nesta quarta-feira, 9. O impasse nas negociações por uma nova rodada de estímulos fiscais no país tem deixado os investidores sem rumo. Além disso, as perdas também foram lideradas pelas grandes empresas do setor de tecnologia, depois que um grupo de 48 procuradores-gerais protocolaram ação judicial antitruste contra o Facebook.

 

EUA têm dia misto, mas Nasdaq bate recorde com alta de 0,45%

Nos Estados Unidos, o índice Nasdaq fechou em máxima recorde nesta segunda-feira, 7. Após investidores comprarem ações de crescimento de mega-caps, o indicador saltou em seus números e fechou na máxima. No entanto, as restrições à Covid-19 continuam no radar do mercado financeiro, que analisa o contínuo impacto econômico da pandemia no País, o que acabou derrubando os índices DJ e S&P.

Dow Jones fecha em alta de 0,83% e valoriza 1,03% na semana

Os principais índices acionários dos Estados Unidos fecharam os negócios nesta sexta-feira (04/12) em alta, com desaceleração do emprego nos Estados Unidos. O índice Dow Jones avançou 0,83%, aos 30.218,26 pontos e acumulou ganhos de 1,03% na semana. O S&P 500 subiu 0,88%, aos 3.699,12 pontos, valorizando 1,67% na semana. E na bolsa eletrônica, o Nasdaq ampliou 0,70%, aos 12.464,23 pontos e acumulou alta de 2,12% na semana.

(Redação - Investimentos e Notícias)

Assinar este feed RSS